terça-feira, 10 de abril de 2012

Italia corrupta:escandalos,maracutaia e o reino da corrupçao na Europa



"Italians lose wars as if they were football matches, and football matches as if they were wars" (Sir Winston Churchill )

Nesses dias aqui na Italia corrupta(sim,aqui é normal fazer maracutaia tendo essa tradiçao)o que mais aparece na TV é noticia que fala do tal lider xenofobo italiano da Liga do Norte(que tinha projetos de criar lugares especiais no metro para italianos,proibir a criaçao de caes estrangeiros e de vender sabao para limpar a pele de contato estrangeiro em Firenze como a Cris falou)que foi pego em um escandalo por enriquecimente ilicito.O mesmo tal lider,que odiava e depois apoiou o Berlusconi turista sexual e ja vem difamando qualquer estrangeiro como bandido e usurpador e pregava ser o exemplo de lider de um povo foi pego com a boca no cano.Ou seja,ele rouba do proprio povo e coloca a culpa no estrangeiro, além de empregar filhos,etc.Para saber mais procurem no blog os post antigos.

Esse cidadao,que tem defensores no Brasil por ser italiano é uma aberraçao até entre os italianos.O dito cidadao que ¨educadamente¨quis limpar a bunda com a bandeira da Italia e seus seguidores que odeiam ser italianos sao mal vistos e criticados até pelos italianos(mas ainda tem brasileiro idiota que diz que a Italia é toda igual e nao existe diferença entre os povos).Enfim,hoje o cara que criou a imagem do estrangeiro como bandido e de criticar toda e qualquer cultura(ainda uma mentalidade tipica italiana)cai por obra do destino,de Deus,da ganancia do homem ou por todos motivos citados.

Meu pai sempre disse que para quem muito fala,ostenta ou entao é arrogante um dia Deus cobra.Ser confiante é uma coisa,ser prepotente e querer humilhar os outros é outra.E imaginem pessoas assim ainda xenofobas,que esqueceram o seu passado de fome,sofrimento e humilhaçao?Pois bem,Deus deve cobrar em triplo.

E nem vou falar nos tipos de mafia que existe aqui,na sua relaçao com os politicos,na mentalidade do povo de alguns lugares,etc.E para voce deslumbrada,que so ve o lugar de seus antepassados que voce imagina e "café(por sinal brasileiro),moda(futilidade) e outras coisas mais",so temos uma palavra:acorde.

Abaixo algumas manifestaçoes dos italianos contra os seus politicos corruptos e cultura do jeitinho de levar vantagem italiano que achei no Face Book.Parece que ensinaram isso ao Brasil mas ainda tiram onda de primeiro-mundo.Sem moral nenhuma para falar de quem acolheu muitas pessoas da terra da bota e faz isso ainda hoje.





6 comentários:

  1. http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI5728321-EI8142,00-Italia+imigrante+amordacado+e+algemado+em+voo+causa+polemica.html


    seria bom se trataseem os italianos assim tb

    ResponderExcluir
  2. E' verdade, os italianos sao muitos atrasados, deveriam fazer como estes herois:

    PMs do Rio e de SP matam mais que países com pena de morteRaphael Prado
    De Nova Iorque, especial para Terra Magazine


    Números divulgados nesta terça-feira (27) pela Anistia Internacional mostram que 20 países em todo o planeta executaram 676 pessoas em 2011. O dado, embora ainda distante do sonhado "mundo livre da pena de morte" pregado pela organização, mostra uma melhora na comparação com anos anteriores. Em 2002, eram 31 países os que praticavam a pena capital a prisioneiros. Segundo a Anistia, também restam 18.750 pessoas na fila da pena de morte.

    No Brasil, ao contrário dos países que a Anistia Internacional acompanha, a pena capital não existe legalmente. Mas agentes do Estado são responsáveis por altas taxas de letalidade supostamente em confrontos com criminosos, os chamados "auto de resistência".

    Em 2011, no Rio de Janeiro, 524 pessoas foram mortas pela Polícia Militar em todo o estado, segundo dados do Instituto de Segurança Pública, do governo fluminense. Em São Paulo, no mesmo período, foram 437 mortes, segundo a Secretaria de Segurança Pública paulista. Somadas, as estatísticas revelam que, nos dois estados mais populosos do país, 961 mortes foram cometidas por agentes do Estado em 2011 - um número 42,16% maior do que as vítimas da pena de morte em todos os países pesquisados pela Anistia Internacional. A organização não tem acesso aos números da China, que se nega a passar os dados e, segundo a instituição, podem dobrar a quantidade de execuções e, portanto, possivelmente atingir o número de mortes pelas PMs do Rio e São Paulo, apenas dois estados brasileiros.

    Tropa violenta

    No primeiro semestre de 2011, uma em cada cinco pessoas assassinadas na capital paulista foi morta pela PM. Dos 629 homicídios cometidos na capital, 128 registros foram feitos como "pessoas mortas em confrontos com a Polícia Militar em serviço". Esse tipo de ocorrência é um indicativo de revides da PM a ataques de criminosos ou enfrentamento em ação policial.

    Em todo o Estado de São Paulo, em 2011, a Secretaria de Segurança Pública registrou 4.396 vítimas de homicídios dolosos. A PM matou outras 437 pessoas - o que dá uma proporção de um morto pela PM para cada 11,05 vítimas de assassinato no Estado. Esse índice faz da PM de São Paulo uma das tropas mais violentas do mundo.

    Dados de 2009 do Departamento de Justiça dos Estados Unidos - os últimos disponíveis - indicam que a polícia americana foi responsável por 406 das 14.042 mortes registradas naquele ano no país, o que dá uma taxa de letalidade da polícia de um assassinato para cada 34,58 ocorridos no país.

    "Em São Paulo, é uma pena de morte feita à luz do dia", critica o deputado estadual Adriano Diogo (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa paulista. "Esta prática está completamente institucionalizada. Ela faz parte de uma rotina. Essa resistência seguida de morte nem é averiguada, é tida como cotidiano", afirma Diogo.

    Em nota, a Polícia Militar de São Paulo respondeu que "não podemos comparar execuções legais com confrontos policiais. Esclarecemos que na última década os números de homicídios em SP decresceram em mais de 80%."

    ResponderExcluir
  3. E esses caras de Anistia Internacional so' falam mal da Brasil, e nao falam nada do cara amordaçado,olha so' que coisa.
    Inacreditavel!!!

    Anistia condena tortura e crimes em presídios no BrasilMarcela Rocha


    A Anistia Internacional (AI) completa, em 2011, meio século de existência. Em relatório que publica anualmente sobre a situação do combate às violações dos direitos humanos no mundo, a entidade destaca a participação da população nas redes sociais e as denúncias feitas pelo Wikileaks como dois atores fundamentais no surgimento de manifestações contra as violações. Embora comemore o ativismo, o documento condena a desigualdade latino-americana, a violência na África, mortes no Oriente Médio e privação de liberdade em quase todos os continentes.

    No capítulo referente ao Brasil, a entidade aponta o País como o mais "atrasado" em comparação aos demais latino-americanos no tocante às punições às violações dos direitos humanos cometidas no péríodo da Ditadura Militar (1964-85).

    - As atuais interpretações (da Lei da Anistia) resultaram na impunidade dos indivíduos acusados de violações graves contra os direitos humanos, como torturas, estupros e desaparecimentos forçados, cometidos na época da ditadura militar que governou o país - critica o relatório.

    O órgão condena também o sistema prisional e a segurança pública brasileiros. "A tortura foi amplamente praticada no momento da prisão, nas celas policiais, nas penitenciárias e no sistema de detenção juvenil".

    - As prisões continuaram extremamente superlotadas, com os internos mantidos em condições que configuravam tratamento cruel, desumano ou degradante. As autoridades perderam o controle efetivo de muitas unidades, situação que provocou uma série de rebeliões e de homicídios - condena.

    ResponderExcluir
  4. Morei na Europa uns 5 anos e sinceramente, a falada terra da bota é muita marra para nada.Um lugar que foi salvo pelos Estados Unidos da América e hoje ostenta ser o lugar mais evoluido do planeta.Para eles ninguém do mundo presta,nem a Alemanha,nem a China,nem a França,nem os EUA,nem a Inglaterra,nem o Brasil,nem o México,etc.

    Italianos com seu modo arrogante de pensar que o mundo fede sem eles deveriam ficarem quietos e aprender a viver em paz com os outros.Povo atrasado demais e o pior, migraram para muitos lugares e hoje tiram essa onda toda por nada.

    E tenho origem italiana mas a mim isso pouco importa.

    ResponderExcluir
  5. cidadao do mundo22 de maio de 2012 00:15

    Morou na Europa e nao entendeu nada.
    Porque' deve ter conhecido 4 italianos piores que voce' e agora acha que todos sao assim.
    Que pena..

    ResponderExcluir
  6. Scampia(complexo do alemão italiano)

    ResponderExcluir

Seja bem vindo e volte sempre para postar.Seja educado que as pessoas serao educadas com voce.Manifestos racistas e xenofobos nao serao bem recebidos.Argumente com fatos e aprenda a aceitar a opiniao dos outros.

Druida e Maga.