terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Preconceito na Italia: Ele realmente existe?-Parte 1


Bom dia.

Alguns emails chegaram me perguntando sobre o preconceito na Italia. Se ele existe ou nao.

Primeira coisa que escrevo é que voce tem que "perceber" o preconceito escondido. Isto é, perceber os comentarios e atitudes que sao preconceituosos que sao desde uma olhada, uma piadinha, uma brincadeira,etc.Isto nao quer dizer ser neurotico e criar coisas.

Aqui na Italia é comum fazerem"brincadeirinhas" como "Brasil, desordem e regresso","pais de favelados","viados"(eles copiaram a grafia errada),"prostitutas","voce nao fala italiano bem"(mesmo que voce fale bem e tenha um pouco de sotaque),etc e no final de tudo dizer: BRINCADEIRA.

Falo aqui por experiencia pessoal do que vi. E isso é uma outra coisa que noto. A experiencia pessoal. Tem gente que nao sofre preconceito diretamente. Outro sofreram e nao notaram pois era uma "brincadeira". Outros ignoram e assim vai. Outros viram acontecer com africanos, chineses e outros latinos, mas eles ignoram pois sao brasileiros( como se nao fossem latinos e isso nao pudesse acontecer com eles uma outra vez).

Nesse lado,vejo que brasileiro é extremamente individualista e usa a lei do Gerson. Penso em mim e o outro que se rale.Nao pensa no coletivo nunca.Nao defende o outro e nao se defende se for ofendido.Sorri e faz cara de "amiguinho" pois o Brasil é um pais "amigo" de todos, "da paz,praia e sol",etc.Mesmo que isso inclua um preconceito pesado. Adiciono que mulher brasileira age mais assim.O homem brasileiro depois de um tempo revida. Nao tem tanto sangue de barata.

A mulher brasileira em especial sofre preconceito?Depende.Ocorrem quatro situaçoes. O primeiro caso é escutar sempre convites maliciosos por ser brasileira.Se se vestir mais sexy, os riscos dobram. O segundo caso é ser tratada educadamente, com cortesia, achar tudo lindo e maravilhoso,receber um convite,sair pra jantar,dançar,sexo e depos ter fama de prostituta por toda a cidade e o cara dizendo"comi uma brasileira com a bunda grande". O terceiro risco é ser tratada como mulher normal.O quarto é se casar e escutar "piadinhas" do marido local e virar mae dele.

Mas voce se atreveria a dizer que a Italia nao tem preconceito?
Veja esses fatos:

Nao reconhecimento como cidadao italiano.
Fato 1- Mario Balotelli, jogador de futebol nascido em Palermo, Italia. Filho de imigrantes de Gana nao é considerado italiano por muitos torcedores italianos pois é negro.Quando faz gols vira italiano por "milagre". Quando perde gols ou quando faz festas de noite é um "macaco","nao é italiano",etc.(Ja vi falarem isso nos estadios).

Fato 2-Qualquer pessoa com aspecto fisico latino,africano, asiatico,medio-oriental,etc, mesmo que nascido na Italia nao é aceitado como italiano tao facilmente pelas pessoas. Muitas vezes as excessoes sao as mulheres aonde o interesse é bem outro.

Cidadania italiana.
Fato 3- Muito brasileiro vai ficar chocado com essa.
Voce tem descendencia italiana. Seu antepassado pode ser do Norte italiano(maioria branco,moreno/louro e de olhos claros) ou do Sul(pele bronzeada,olhos escuros).Voce tem cidadania e pode parecer até nordico. Voce fala italiano. Mas voce vai ser tratado como brasileiro nas rodas sociais mesmo que italiano legalmente. A cidadania italiana serve pra voce nao ir no consulado a toda hora e ter os mesmo direitos que um italiano tem. Mas isso nao diz que eles tem que aceitar voce como um igual, mesmo que a lei diga isso. Se voce mantem algum contato com a famila original daqui mais facil ser aceito socialmente mas nem todos gostam disso.
Voce pode ate dizer que odeia feijao e arroz, torce pra Italia,mudar o jeito de andar,vestir,comer  e querer fazer transfusao de sangue na Italia. Voce é brasileiro e nunca vai mudar isso aqui.Pode fazer nao perceber mas nao vai mudar.

Fato 4-Escolas separadas para estudantes imigrantes.
Existem muitas escolas,pais e politicos que pregam a criaçao de escolas separadas para crianças italianas e estrangeiras para nao contaminar a propria cultura.

Sou como grande parte do brasileiro de varias origens.Mas nao me sinto nem isso, nem aquilo.Nao devo nada a nenhuma naçao pelo meu sangue, apesar de respeitar os meus avos e a historia deles mas EU sou EU e BRASILEIRO.Minha esposa idem..Sou carioca, de mae baiana e pai gaucho,origens portuguesa/africana/espanhola. Minha esposa brasileira tem origem alema e italiana. Somos bronzeados mediamente(queriamos ser mais pra nao parecer tao fantasmas rs) e sinceramente nunca me importei com essas coisas, cor de pele, olho,cabelo,etc.Talvez seja coisa de brasileiro que nasce em um mundo com amigos de escola de varios lugares,cores,modos.Aqui ja tive que dar explicaçao pra muitas pessoas pois somos"muito brancos pra sermos brasileiro".Pode?

Brasileiro tem que parar de se sentir descendente de africanos,europeus, asiaticos,etc e começar a dar falar pra sua cultura(as coisas boas da nossa cultura) e menosprezar ou eliminar a bundizaçao que o nosso pais se transformou, comandada por oportunistas que se escondem como "defensores da cultura" e que exportam so porcaria nosssa pra defender na verdade o $$ do proprio bolso.Digo mais,esses covardes,manipuladores e pessoas sem carater fazem-se de "vitimas do preconceito" quando alguem critica a merda que eles vendem. Sao os inimigos internos do povo que é manipulado atraves de gente que quer lucro a qualquer custo e venderia a mae,filhos e sua honra por dinheiro.Os que os defendem sao iguais a eles.

O que ja passei por aqui? (Isso veio de muito italiano que nunca foi ao Brasil e de outros que foram como turistas sexuais).

-Escutar que a bandeira do Brasil esta errada e deveria estar escrito "desordem e regresso".
-Escutar que mulher brasileira é prostituta/facil e a "linda" descriçao de como brasileira faz sexo.
-Escutar que todo homem brasileiro é gay porque  a Italia tem tantos travestis brasileiros.
-Aparecer um italiano do nada e querer fazer amizade do nada comigo porque sou brasileiro e assim ele pode conhecer alguma mulher brasileira.Esse cara tinha ido fazer turismo sexual no Brasil.
-Escutar que brasileiro é favelado, passa fome e é bandido ou traficante.
-Escutar que no Brasil nada funciona.
-Presenciar comentarios de um garoto que os seus amigos "brincavam"com ele dizendo que ele tinha que ficar em silencio ou ofendiam ele porque a mae dele era brasileira.
-Escutar que no Brasil fazer sexo é facil aonde basta falar com a mulher,beijar e pegar.
-Escutar que no Brasil as pessoas tem varias origens pois todos fazem sexo como todos.
-Escutar que brasileiro nao trabalha, so faz festa e joga futebol.
-Escutar de um funcionario publico do governo que o Brasil tem tantas pessoas de origem italiana porque os italianos "transaram/fizeram sexo" com tanta mulher brasileira. Ou seja,"pegaram geral".
-Como voce é cidadao italiano se nasceu no Brasil?(desconhecem as proprias leis)
-Para um amigo meu de SC. Como voce é brasileiro se voce é louro?(No Brasil existem so negros,indios,orientais,...?)
-Se voce nao se comportar na mesa como um italiano e nao comer as mesmas coisas que eles voce é "selvagem"pois eles "inventaram" a comida.
-Italiano se veste com bom gosto os outros(alemaes,ingleses,brasileiros,etc)possuem péssimo gosto.
-Escutar que as velinas sao meninas lindas enquanto uma brasileira que dança é prostituta.

Minha mulher passou por varia situaçoes do mesmo nivel também. E por ser mulher,ja foi ofendida com uma palavra bem "bonita".E ela é uma tranquilidade so.

Tire as suas conclusoes. Nao existe realmente preconceito?A foto do post retrata a imagem do Brasil para a maioria dos italianos: bunda,mulher e futebol.
Existe muito brasileiro que passa por isso mas MENTE para amigos,familia que nao. Engana a si mesmo até que um dia passa por uma e começa a questionar a vida. Nao podemos exigir que um pais nos trate como o Brasil, mas o minimo de respeito seria otimo.
Quando isso começa a incomodar a melhor coisa é fazer o que é a nossa intençao: voltar para o Brasil ou mudar para um pais mais civilizado.

Druida.

(Continua......)

78 comentários:

  1. Oi.

    Passei por muita coisa que se eu contar ninguém acredita. Quem falar que preconceito nao existe esta contado uma grande mentira.

    O preconceito existe e tristemente é muito real.

    Pedro

    ResponderExcluir
  2. Tem pouco tempo que escrevi um desabafo no meu blog, depois de algumas engolidas de sapo, eu ja nao aguentava mais.

    Depois de todas as coisas que vc, e nos todos escutamos todos os dias, alguem ainda tem alguma duvida??

    Adorei o artigo!!

    Acho que cabe muito a cada um de nos mudarmos a imagem do nosso Pais, pq temos tb que admitir que muitos dos que aqui vem, ajudam a manter a imagem rotulada do Brasil, infelizmente!

    DESABAFO: http://otabuleirodabaiana.blogspot.com/2011/03/desabafo.html?utm_source=BP_recent

    ResponderExcluir
  3. Ola, sou um religioso, moro em um seminario na Sardegna, faço mestrado na faculade de teologia. Imagino o quanto vocès sào humilhados, porque eu dentro de uma estrutura que devia acolher ouço estas coisas, e quando voa a igreja me perguntam por que eu fui parar ali, as vezes dizem que muita gente no Brasil passa fome e quando sarei ordinado sacerdote poderei ajudar minha familia. Meus colegas de faculdade me perguntam sempre quando eu volto para o Brasil e ou se voltar para casa nào è melhor que estar aqui. EU nào engulo sapo, admiro vocès que conseguem engolir, eu respondo a qualquer um com o mesmo respeito que me dào. Graças a Deus uso minha inteligencia para calar a boca destes italianos que fazem criticas, porque sò quem è desinformado fazem criticas destrutivas a uma naçào enorme como o Brasil. Mas como è possivel pensar que no Brasil nào temos aeroporto, que comemos serpentes e andamos descalços? Quando em perguntam sobre as favelas eu lhes respondo que as favelas existem no Brasil graças a eles (italiano) basta ler a historia de 1878 aos dias atuais. Falei isso em um congresso, e o que era uma provocaçào se transformou em aplausos. Temos que nos dà o devido valor, senào quem nos darà? Brasileiros amigos meus, representamos nossa naçào. Concordo com Brenda quando diz que muitos brasileiros fazem jus aos comentarios maliciosos e discriminatorios dos italianos. Parabèns a Druida pelo comentario bem explicado e compreensivel. Brasileiro è realmente dificil de se reunir, tento fazer um pequeno grupo de brasileiros a Cagliari, mas parece sempre coisa impossivel. Gostaria de manter contato com os brasileiros que moram aqui na Italia. macedo1@hotmail.it abraço a todos. (Macedo)

    ResponderExcluir
  4. Druida,
    Posso dar um palpite?
    Preconceito existe, seu artigo ficou legal, mas eu acho que vc deveria abordar o preconceito no seu aspecto mais ofensivo e que causa realmente sofrimento, algo mais concreto.
    Acho infantil ficar se ofendendo porque alguém nos chama de pobre (é isso que eles querem nos dizer e nos lembrar, cada vez que fazem esse tipo de comentàrio sobre o nosso paìs).
    achar que eu sou pobre ou me chamar de pobre é uma coisa, jà o nao me alugar um apartamento num determinado condomìnio me obrigando a viver num gueto mal afamado onde todos os meus vizinhos sao prostitutas ou delinquentes, aì sim é deletèrio.
    Vamos falar sobre o salàrio baixo que eles pagam aos imigrantes, sobre o modo como somos atendidos nos postos de saùde, sobre a lista de espera para uma consulta médica que pode durar 3 meses-para ginecologista, dos problemas que nossos filhos enfrentam nas escolas, das dificuldades de transporte para aqueles que nao tem carro, do assédio sexual patrao-empregada e assim por diante.
    Deverìamos falar mais sobre o que pensàvamos encontrar aqui, e nao encontramos de jeito nenhum.
    e vamos admitir uma coisa?
    nesse paìs tem imigrante demais, e a economia italiana nao é grande coisa. é lògico que depois falta tudo pra todo mundo, pra nòs e pra eles mesmos que sao italianos.

    ResponderExcluir
  5. Brasiliani=gente di merda pero...
    le brasiliane=troie,bel culo e fanno pompini benissimo.

    Tornate a casa vostra maschietti viadus e ci lasciate con le vostre belle ragazze!

    ResponderExcluir
  6. Estive na Itália por 5 meses e alguns dias entre 2005 e 2006,conheci pessoas como a maioria de nós(comuns)porém a minha fammília de lá que mora em Bergamo é misturada negros e brancoso que causa certa estranheza porém são de classe média alta ví muita discriminação com marroquinos e pessoas do leste europeu em plena feira livre em Ranzanico, Costa ,Volpino,Crema Dalmine,porém percebi que são nacionalistas pelo fato dos estrangeiros estarem "tomando conta de certos postos de trabalho que há alguns anos tinha predominância italiana.Hoje não penso em tentar a vida fora do Brasil pois a herança que temos dos "europeus" não é tão diferente pois no mundo quem tem capital é quem manda e quem pode mais chora menos.A fama de prostitutas de algumas mulheres não é á toa pois sabemos que algumas fazem coisas piores sem cobrar nada,.quanto a preguiça dos homens brasileiros segundo os italianos é genética...
    No final das contas somos uma espécie em evolução ainda cheia de defeitos e caprichos,pois não dá pra comparar Brasil e Itália,pois só a máfia italiana tem mais de 700 anos e domina até hoje boa parte do país já no Brasil como é tudo superlativo,o crime organizado é mais "novo" porém a corrupção é promovida no berço e a robalheira\ está geral.Outro ponto que ia me esquecendo em nosso pais abençoado por DEUS e bonito por natureza existe o preconceito velado pois boa parte do povo e da elite também são ignorantes e oque importa aqui na terrinha é o quanto se leva de vantagem pois nossas leis são toscas e ultrapassadas.

    ResponderExcluir
  7. Eu já pensei em morar fora, mas hoje em dia estou vendo que seria perda de tempo. Não tenho nivel universitario, sou assalariado. Como nunca me mostrei esperto de mais para os outros a não ser na minha boa vontade, sempre colhi os frutos desta boa relação com as pessoas. Por conta disto sempre tive bons salarios. R$ 5000,00 na decada de 90, R$ 10000 na decada de 2000 e atualmente um pouco menos, devido a reposição profissional mas estou voltando a crescer. Hoje com tantas oportunidades, não se precisa de ter faculdade ou outros cursos no exterior para se ter valor. Tem que se ter amor pelos que te cercam. As unicas viagens para o exterior foram as de meus filhos para intercambio no Canadá, onde foram maravilhosamente recebidos. Vejo hoje todos ao meu redor (amigos, vizinhos etc...) vivendo um momento de grande fartura e prosperidade. Não vejo espaço para sequer pensar em deixar o Brasil. A Europa hoje é totalmente caotica se comparada com o sudeste e o sul do Brasil. Reconheço que algumas regiões do Brasil como Nordeste, Goias e Minas Gerais, é pregada a migração tanto para o exterior quanto para o sul do pais, formando uma legião de pessoas que querem e precisam de ganhar dinheiro a qualquer custo, levando-os a se prestituirem ou se alocarem em sub-empregos em localidades que permitirem tais praticas. Mas isto já está mudando. O Brasil está investindo em educação. Empregos estão sendo criados aos milhões a cada ano (não aos milhares). Isto é maravilhoso e mostra que estamos recuperando o tempo perdido.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Esperar o que de uma pessoa cujo filho tem um retrato em tamanho original de mussolini na entrada de casa neh?"
      Vc queria o quê? Que ele tivesse uma foto do LULA?KKKKK



      " meu filho, que é loiro com olhos claros tem sempre que explicar na escola o 'pq vc é brasileiro, se vc não é negro?"
      Espero que vc como mãe tenha explicado para o moleque que existem brancos no brasil, apesar de serem minoria, e paulatinamente ele irá explicando para os coleguinhas dele, e consequentemente a longo prazo a nova geração de italianos deixará de ser tão burra e desinformada como a atual, agora só não vá deixar o moleque sair sambando pela escola para provar que ele é uma legítima espécime do mais puro brasil brasileiro, kkkkkk

      Abraçoss

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. "meu filho apesar de ser loiro com olhos claros não é retardado",
      Ainda bem,pois saiba que é isso que o governo brasileiro quer transformá-lo, quer que pessoas como seu filho se sintam culpadas até o fim da existência deles por terem nascido loiros e de olhos claros, se vc não orientar seu filho e dizer a ele que não teve culpa porra nenhuma de escravidão, extermínio de indio, etc.. etc... e toda esta baboseira que querem meter na cabeça de descendentes de Europeus, ele será um rapaz muito mais seguro de si. Saiba que aqui no Brasil atual ele teria muito menos direitos que o Filho do Pelé ou do Carlinhos Brown por exemplo.( acoisa tá feia por aqui neste sentido acredite!)

      "Ele tem 15 anos e obviamente que ele SABE que nosso país é uma mistura de raças", saiba que via de regra (veja bem VIA DE REGRA!!!) se seu filho é loiro de olhos claros, é por que houve pouca ou mesmo nenhuma miscigenação dentro de sua ascendência e de seu marido, diferentemente do peixe que é vendido pela mídia e governo para os tolos brasileiros, que seu filho é "fruto da miscigenação", por favor não me venha falar de mistura de português com espanhol, com francês com italiano , pois isto não é miscigenação, leia um pouco a respeito. Ou você vai me dizer que acredita que se a maioria dos Suecos nascem atualmente loiros é devido a miscigenação? Em caso afirmativo miscigenação de quê?

      "meu querido, quis dizer que o camarada que idolatra o Mussolini é racista."
      Devido ao fato de vc ter tido (assim como eu) muitas aulas de história e geografia com professores comunistas e maconheiros, está perdoada por dizer tamanha besteira, mas vc pelo visto têm futuro, vc me parece uma legítima européia, só precisa sair do armário.kkkkk
      Abraçoss

      Excluir
    4. obs. onde escrevi "não orientar seu filho,
      leia :"orientar seu filho"

      Abraçoss

      Excluir
  9. Obrigado pelos comentarios e elogios,Momo.Seja bem vinda!

    ResponderExcluir
  10. Preconceito nao existe tao forte assim na Italia?Vamos ver,anonimo/a.

    Um partido xenofofo ao extremo(lega Nord) vem ganhando cada vez mais espaço com muitos eleitores e subindo de popularidade.Tais leis ja propostas incluiram dividir os lugares no metro de Milao com lugares para estrangeiros e outros para italianos.Entre tais medidas podemos encontrar um banco de impressoes digitias para crianças romenas, além de em algumas cidades nao ser permitido criar cachorros que nao tenham origem italiana.

    Lembramos que a ONU em 2009 colocou alguns paises sobre vigilancia pois violavam os Direitos Humanos.La estavam Uganda,Camaroes e a Italia entre outros.A propria UE questionou o governo italiano sobre suas medidas.Ah claro, muita gente ainda acha Mussolini um cara legal pois quis formar o Império Italiano,além de atuais ministros e figuras publicas serem admiradores do fascismo.Veja os filmes abaixo que indiquei.

    Que tal a palavra extracomunitario?Essa palavra quer dizer na teoria cidadao nao pertencente a UE.Ou seja,suiços e norte americanos sao extracomunitarios tambem.Na pratica ela é usada pra paises que a Italia nao ve muito bem e em teoria mais pobres.Ou seja, latinos,leste europeus,africanos e até BRASILEIROS sao extracomunitarios.As vezes ela vem com algus adjetivos nao muito educados.

    O Brasil vem em crescimento nos ultimso anos por medidas dos ultimos 3 presidentes.Esta na moda.Esta com $$$.Italianos nao nos veem como amiguinhos descendentes.Somo + um povo latino mas agora com $$$ e sempre com mulheres bonitas e sensuais pra eles(italianos praticamente desconhecem o sul do Brasil, conhecendo mais SP e o Nordeste brasileiro para turismo sexual).Querem ganhar $$.Se vier um brasileiro como turista,vao beijar,abraçar tudo pelo $$.Brasileiro em geral é deslumbrado e compr tudo como amigos.Mas morar é outra coisa.Voce ve coisas que turistas nao ve.

    Mais Brasil.Que tal falar da expressao”culo brasiliano”(bunda brasileira) ao referir-se a uma bunda durinha?Isso é ser bem visto?Que tal ver a uma brasiliera na TV(procurem no You Tube) o video provino Juliana Moreira,aonde a mulher é vista so como quadris,seios,etc(claro ela nessa hora do video orgulha-se de dizer sou brasileira).

    Com todo respeito a essa moça que escreve ela me parece um pouco individualista.Apos o que citei( e muitos escondem ou fingem que nao existe)dizer que nao existe preconceito?Se tivesse sofrido preconceito iria ficar furiosa,mas com os africanos,arabes,etc,isso pode, mas nao com brasileiro.Voce agora é européia e nao uma estrangeira?

    Acho que toda a Europa sofre com isso e a causa o ShigueS falou acima.Se o mundo tivesse concentraçao de rendas em continentes similares o problema em teoria acabaria.Porém constato que alguns brasileiros confundem turismo com viver no lugar,coisas bem diferentes.Outros sao mais sentimentais,imaginam a Italia como a familia da novela e caem nesse lobby manjado e propaganda(italianos sao mestres).Add aqui um pouco de sindrome de vira-lata afeta os brazucas nesse ponto.

    Gostaria de indicar o filme Videocracy, que retrata os valores da sociedade italiana atual.Il Divo,que fala sobre a politica italiana,mafia e corrupçao,Gomorra,um filme que cita a empresa mais forte da Italia,a Mafia.Aconselho tambem assistir o video do cantor Seu Jorge e a sua experienica na Italia.Procurem por Seu Jorge racismo no YT.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Aconselho tambem assistir o video do cantor Seu Jorge e a sua experienica na Italia.Procurem por Seu Jorge racismo no YT."

      "Seu Jorge" (Credo! isso é Nome? Sobrenome? Ou Macumba?kkk
      A já sei quem é , é um sujeito que parece um refugiado da cracolândia que defende a união dos negros, adora a Mama África, detesta europeus malvados, mas ganha dinheiro vendendo música pra brancos incautos e de quebra se casou com uma branquinha.
      Assisti o vídeo, quase chorei, muito triste, snif, snif....kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  11. JESUSSSSS! MUITO OBRIGADA POR ABRIR MEUS OLHOS,EU ESTAVA PRESTES A FIRMAR UM RELACIONAMENTO COM UM ITALIANO QUE ESTA HA 2 MESES NO BRASIL.RSRSRS.

    ResponderExcluir
  12. Pra que quiser responder . . . .

    Nos, brasileiros, fazemos piadas com tudo e todos. Trabalho em SP mas no escritório tem gente do Brasil todo gaúchos, mineiro, paulistas, carioca, japonês, caipira (eu sou do interior de sp), chinês e americanos. Sai piada de todo tipo, e de todo mundo. Obviamente ninguém tem nada contra o outro, e as piadas são brincadeira mesmo.
    As piadas que os italianos fazem sobre brasileiros são mesmo no intuito de agredir e discriminar ?

    ResponderExcluir
  13. Ola,anonimo.Nos brasileiros somos"sacaneadores".Ou seja, fazemos piada pra bincar mesmo,apesar de existir sempre um mal intencionado que faz piada pra provocar ou ofender.Mas é facil de perceber a maldade do comentario.


    Na Italia o povo também faz piadas.Isso é normal.O problema é que a mentalidade é muito atrasada em relaçao as pessoas.O governo e o povo culturalmente sao muito fechados e sao muito intolerantes ao estrangeiro.Depende da pessoa mas posso garantir que entre 70 a 80% das pessoas olham o estrangeiro de QUALQUER LUGAR meio"assim".Entao TUDO o que for estrangeiro é visto como"mal",desde a culinaria,o modo das pessoas falarem,as diferenças culturais,etc.Somado a isso,itaianos adoram extereotipar os outros.Ex:suecos e e alemaes sao frios e brasileiros sao selvagens com mulheres faceis que fazem sexo.Somando tudo isso voce vai ou escutar comentarios,piadinhas,que no fundo querem ofender ou entao nao escutar nada mas vai perceber o modo como tratam voce.

    Eu ja vi perguntarem pra brasileiros se eles sabiam usarem talheres e porque nos brasileiros somos tao catolicos se na verdade,segundo eles, somos selvagens e pagaos de querer fazer sexo no altar da igreja.

    Voce,por ser estrangeiro e ao ver alguam coisa que nao funcione aqui(e existem) ao sugerir educadamente uma melhora,dizer que no Brasil tal serviço é melhor ou fazer um comentario,ira escutar praticamente sempre uma resposta mal educada.Se um frances fizer o mesmo comentario,talvez esse nao escute nada(mas a Italia tem alta rivalidade com a França e Alemanha,entao...).

    Leia sobre o meu post que escrevi do Extracomunitario.

    ResponderExcluir
  14. http://www.youtube.com/watch?v=iyUPuVuREAA&feature=related

    ResponderExcluir
  15. veja esse video . uma mulher fruta do brasil falando .

    ResponderExcluir
  16. HAHAHAHA existe preconceito e eles e qualquer outro europeu ocidental, tem toda razão de serem preconceituosos, claro o tupiniquim vai la, ganha a vida graça a esses europeus machistas que só pensam em sexo(o oposto do brownsileiro!)e depois o que fazem? METEM O PAU!, mas claro nâo fariam isso na hora que estivessem chegando na Europa,só fazem quando já tão de boa, pra não ser logo deportados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. já você como brownsileira deve ter trabalhado muito nas ruas de Roma e quer tira onda de madame. kkkkk

      Excluir
  17. A itália, outrora gloriosa, está uma merda, pois ao longo do tempo está se tornando cada vez mais parecida com o brasil. e o brasil coitado tá achando que vai ficar rico, na verdade o mundo todo vai pro buraco, é questão de tempo, e os imigrantes ficam correndo de um lugar pra outro em busca de dinheiro, corram mesmo, pois logo não haverá mais para onde ir.. Aliás não só a Itália como o resto da Europa está parecida com o brasil, até fede como o brasil, existem lugares na Europa que fedem urina como Salvador e Rio de janeiro, quem diria que isto iria ocorrer um dia. O Brasil deveria ter sido deixado nas mãos dos indios para sempre, a pior besteira que os Europeus fizeram foi colonizar esta merda de lugar, foi a mesma coisa que transar com uma pessoa HIV positivo sem camisinha. Fuderam os Indios, e se foderam por tabela, que beleza é a globalização, todo mundo junto e fudido...kkkkk

    ResponderExcluir
  18. ola druida! quem nasce na italia sendo filho de extracomunitario è o que? italiano? ou tem que levar ao pais dos pais pra registar? ouvi algo na tv , mas nao entendo bem o italiano e queria que vc me respodesse o que eles falam sobre registro pra filhos de extracomunitarios? nao tem direito aqui na italia . me responda por favor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. " quem nasce na italia sendo filho de extracomunitario è o que?"
      Resposta: Continua Extracomunitário. Tá pensando que é fácil assim é? brasleiro é tudo mal acostumado mesmo, o povinho espertalhão sô!!!kkkkkkk.

      Excluir
  19. "Eu ja vi perguntarem pra brasileiros se eles sabiam usarem talheres e porque nos brasileiros somos tao catolicos se na verdade,segundo eles, somos selvagens e pagaos de querer fazer sexo no altar da igreja."

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    OBS. Rindo muito

    ResponderExcluir
  20. Até que a Itália não está tão ruim assim comparando com a Inglaterra..
    http://www.youtube.com/watch?v=kB4pLnK_X4U

    ResponderExcluir
  21. ei idiota eu nao quis dizer que tenho ou que quero ter filho na italia . apenas faço essa pergunta ao druida porque eu nao entendi a reportagem e gostaria de saber se ate hoje o governo italiano nao da registro italiano a filho de extracomunitario. è so isso eu quero entender eu acredito que o druida saiba. nao faço a pergunta porque eu tenha ou queira ter filho em merda de italia nenhuma.

    ResponderExcluir
  22. "Um partido xenofofo ao extremo(lega Nord) vem ganhando cada vez mais espaço com muitos eleitores e subindo de popularidade.Tais leis ja propostas incluiram dividir os lugares no metro de Milao com lugares para estrangeiros e outros para italianos"

    Pior seria se eles não deixassem estrangeiros pegarem metrô, kkkkkkk, se vc detesta italianos acho que é uma boa alternativa esta idéia afinal vcs estrangeiros não precisariam sentar próximos de gente tão desprezível como os racistas italianos não é mesmo?!

    Será que existirá um terceiro lugar específico no metrô para descendentes de italianos nascidos em outro país mas que possuem cidadania italiana reconhecida pelo Governo? Tenho certeza que não! Mas vcs gostariam que fosse assim, aí poderiam dizer: "Óh!! não adianta ter cidadania italiana, pois aqui vcs nem podem sentar pertinho dos italianos nascidos aqui."KKKKKK

    ResponderExcluir
  23. Israel não quer negros, a não ser para combate...
    Os israelenses não gostam de negros, a não ser para servir em seu exército para matar palestinos.
    .
    Eles estão tratando as mulheres imigrantes etíopes com um fármaco anticonpecional de nome Depo Provera.
    .
    A idéia é reduzir o nascimento de bebês negros.
    .
    A denúncia está no site do The National AQUI (em inglês) http://thenational.ae/ e no site Rebelión AQUI (em espanhol) http://www.rebelion.org/noticia.php?id=112262&titular=en-israel-no-quieren-negros-excepto-para-combatir-en-el-ej%E9rcito-.
    .
    “Um relatório demonstrou que a utilização de métodos contraceptivos, triplicou nos últimos anos (…) quase sessenta por cento das mulheres tratadas com Depo Provera são de origem etíope, embora representem apenas dois por cento da população total. “
    “Na década de 80, mais de 90.000 negros que professavam a religião judaica chegaram a Israel aproveitando-se da Lei do Retorno.
    Os negros enfrentam discriminação na busca de trabalho, moradia e escola e até mesmo doações de sangue são descartadas. (...)
    "É o medo de que o sangue possa contaminar a "raça pura judaica”.
    Enquanto isso...
    “Eles ameaçam o caráter judaico e democrático de Israel”.
    A informação é do jornal israelense Haaretz.
    O estranho é que uma notícia dessa magnitude e brutalidade não tenha recebido nenhuma divulgação.
    Nem da mídia e nem dos ditos blogs independentes ou de esquerda que circulam pelo planeta.
    Os governantes de Israel vão mais longe ainda.
    Estão oferecendo milhões de dólares para que os países africanos aceitem receber os negros de volta.
    Mas não cessa aí o lamentável racismo.
    Para evitar a entrada de negros, os governantes de Israel vão iniciar a construção de um gigantesco muro para separar o país do Egito.

    Leia AQUI em inglês, o texto completo do jornal israelense Haaretz



    Mas o comissário do Parlamento Europeu Karel De Gucht, ex-chefe da diplomacia belga, colocou o dedo na ferida ao afirmar:
    .
    "Não se pode subestimar o peso do lobby judeu sobre a colina do Capitólio, sobre o Parlamento dos Estados Unidos da Ámerica. É o grupo de pressão mais bem organizado que existe lá"
    .
    "Não podemos mais subestimar a opinião, além do lobby, do judeu médio que não vive em Israel"
    "Há um convencimento entre a maior parte dos judeus de que os judeus têm razão em tudo. E a fé é algo que dificilmente podemos combater com argumentos racionais"
    .
    http://www.rebelion.org/noticia.php?id=112262&titular=en-israel-no-quieren-negros-excepto-para-combatir-en-el-ej%E9rcito-.



    O que será que a opinião pública alienada (incluindo boa parte dos frequentadores deste blog) estaria a dizer se a Itália/Europa resolvesse fazer o mesmo para evitar a invasão de imigrantes ?

    ResponderExcluir
  24. Aqui no Brasil uma vez eu vi dois negros pedirem para uma menina italiana dançar a tarantella. Foi patético pois a menina não queria e eles ficaram insistindo.
    Concordo com vcs blogueiros..Estereótipar as pessoas é uma burrice...

    ResponderExcluir
  25. Os verdadeiros racistas são os mulatos, cafuzos e mamelucos brasileiros, que querem forçar todos a se miscigenar. Chineses, Africanso, turcos enfim, via de regra preservam sua identidade, vivem em seu cantos e tocam suas vidas, os governos esquerdistas querem forçar eles a se integrar (mas na verdade eles não querem pois sabem a merda que isso dará) e desta forma destruir de uma tacada só as duas culturas, a Italiana e a do imigrante, o brasileiro adora, quanto mais miscigenação, todos sem identidade, sem história, sem porra nenhuma melhor. Digo e repito os mestiços brasileiros são os verdadeiros racistas. Claro que alguém vai dizer brasileiro é povo bom recebe todos de braços abertos, com certeza, mas não venha mostrar que tem orgulho de seus ascendentes e de seu país de origem pois rapidamente será ofendido e chamado de nazista, somente brasileiro pode ter direito a ter orgulho de ser mestiço, todo e qualquer outro orgulho é rapidamente calado, um verdadeiro devaneio de intolerância, se acham que é mentira passem a observar o dia a dia de vcs com brasileiros. Se vc é chinês, brasileiro ignorante te chama de japa e vc tem que se calar, se vc é louro, te chamam de alemão, mesmo vc não sendo, e vc deve se calar, agora se vc é filho de alemães e nasceu no brasil vc não é alemão coisa nenhuma, vc é brasileiro e deve ter o dever para com a pátria de se casar com uma negra e apagar esse sangue ruim Europeu das veias, ou seja um racismo descabido com a verdadeira diversidade, o que mais assusta é que isto está na cara de todos mas nínguém comenta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara isso é muito verdade, certa vez eu estava num grupo de amigos da faculdade conversando, entre eles 1 alemão que faz intercâmbio, 2 negros, 5 mulatos e dois brancos, eu tenho pai italiano e mãe portuguesa, mas sou brasileira. Falávamos sobre nossas origens étnicas, discutíamos a miscigenação e afins, num dado momento o alemão cometeu o "crime" de dizer que achava que eu não sofreria racismo na Alemanha porque sou branca, imediatamente os mulatos se indignaram e começaram com comentários super bizarros do tipo "eu conheço gente muito mais branca que ela, ela é brasileira igual a gente, eu hein";"ela nem é tão branca, se pegasse mais sol bronzeava";"eu acho que brancos tem pele rosada, ela tem o tom bege, não é branca";"ela não é branca, é bege". O alemão ficou pasmo com esses comentários, eu também, tipo porque essa afetação toda? O fato de outros brasileiros serem brancos para eles é crime inaceitável, a maior parte dessa geração você tem que gostar de funk, andar mostrando a bunda em roupas hiper coladas, beber e falar palavrões, ir a praia se torrar, beijar caras que mal conhece e nem pense em namorar seriamente alguém estrangeiro ou branco, vão te chamar neonazista e querer te queimar em pneus. Tudo os ofende, absolutamente tudo, até nossa existência,sempre fazem piadinhas ofensivas sobre suas sardas,em como descasca sua pele ou como você vai ficar "transparente quando morrer com todas aquelas veias azuis" ¬¬'. Cara, eu acho que esse mundo tá uma merda, a sociedade endoidou e as pessoas todas se odeiam pelos motivos mais idiotas, seja pelo time de futebol, pela cor do cabelo, pela pele, pelo país, sei lá. Acho isso nojento, nunca tratei ninguém diferente por ser branco ou negro, nunca fiz isso com ninguém, mas vejo isso acontecer o tempo todo. Principalmente entre os mestiços e mulatos como você disse. Nunca sofri nenhum comentário racista por parte de negros, índios ou brancos, mas sempre ouço algo muito desagradável de mulatos/cafuzos/pardos. Acho o racismo uma doença, seja na Itália, seja no Leblon(RJ), seja onde for, essa patologia mental tem que acabar.

      Excluir
  26. É sabido que de todos os italianos que foram para o brasil séculos atrás, período conhecido como das grandes migrações talvez 1% de todos os descendentes destes italianos tenham alguma relação de mais puro amor e respeito pelo país de seus antepassados. Vemos atualmente uma vergonhosa corrida em busca da dupla cidadania, pelos mais variados motivos, e ousaria dizer que novamente no máximo 1% destes querem a dupla cidadania por motivos de resgate das memórias de seus ascendentes, será que esses italo- brasileiros têm noção da seriedade e responsabilidade de ser cidadão italiano? será que eles acompanham diariamente o que está a ocorrer no mundo, acho que não , só sabem acompanhar onde estão as maiores oportunidades de emprego na Europa, ou seja "dane-se a Itália eu quero é dinheiro!!"
    Bom é um direito deles, e precisa ser respeitado, vivemos em uma democracia. Poderia me estender mais no assunto mas somente direi uma coisa: Alguém que obteve a dupla cidadania parou para pensar que a Itália está situada em uma região que é uma verdadeira zona de guerra, que a europa está a beira do caos total,que muito lembra os anos que antecederam a 2ª guerra mundial, que o irã anunciou estes dias que possui tecnologia para se quiser desenvolver a bomba atômica. E que muitos especilistas militares já afirmam que Israel prepara um ataque ao Irã nos próximos meses, e que a China e Russia declararam que estarão do lado do Irã, o que tudo isto tem a ver com a Itália? A itália em caso de conflito armado generalizado na Europa, devido sua posição geográfica seria um dos primeiros países europeus a ter que tomar uma atitude. Alguém lembrou quando assinou sua tão sonhada cidadania italiana que estava dando ao governo italiano o direito de em caso de guerra e necessidade convocar qualquer cidadão italiano que ele entendesse apto a lutar, a se apresentar prontamente para defender a Nação italiana ou a Europa em casos extremos. Alguém se lembrou que estava dando ao Governo Italiano carta branca para convocar seu(s) filho(s), sobrinho(s), pai, etc..para morrer no front de uma provável guerra, seja ela contra quem for?, é meus caros, pois saibam que se vcs não lembraram deste pequeno detalhe, eu lhes asseguro que o Governo Italiano não esqueceu e não se esquecerá de todos vcs!!Podem fugir, claro seria deserção, e nem queiram saber como seriam tratados os desertores e seus descendentes em uma hipotética guerra. Bom mas como o mundo é lindo e guerras não acontecem é claro que não devem se preocupar. Eu e meus filhos estamos dispostos a morrer e matar pela Itália, e vcs estão?

    ResponderExcluir
  27. Itália dispõe de 90 bombas atômicas

    Manlio Dinucci
    Já se sabia – através de relatório da associação ambiental estado-unidense Natural Resources Defense Council – que a itália possui 90 bombas nucleares : 50 em Aviano (Pordenone) e 40 em Ghedi Torre (Brescia).

    São bombas táticas B-61 em três versões, cuja potência vai de 45 toneladas a 170 toneladas (13 vezes a da bomba de Hiroshima).
    As bombas são guardadas em hangares especiais com aviões caça prontos para o ataque nuclear: dentre eles, os Tornado italianos que estão armados com 40 bombas nucleares (as que estão em Ghedi Torre).
    Para isto, revela o relatório, pilotos italianos são treinados na utilização de bombas nucleares nos polígonos de Capo Frasca (Oristano) e Maniago II (Pordenone).
    Isto foi confirmado oficialmente, pela primeira vez, na Nuclear Posture Review 2010 , onde se afirma que “os membros não nucleares da OTAN possuem aviões especialmente configurados, capazes de transportar armas nucleares”.
    Agora, ou o governo italiano confirma, admitindo portanto que viola o Tratado de Não Proliferação, ou declara que o Pentágono mente.

    ResponderExcluir
  28. Ao caro fanatico defensor da Italia e da Europa branca unida,vamos la:
    1-Pelo jeito voce desconhece um pouco a Europa.Primeiro,paises bem menores que um estado do Brasil nao sao unidos,imagine 15 ou mais desses paises.Voce deveria estudar um pouco a historia das rivalidades entre povos aqui da Europa.Voce comete o erro de dizer da Europa evoluida.....Bem,pra começar inumeros paises aqui estao quebrando e vendendo o almoço pra ter o jantar,isso fora os nao evoluidos.E muitos paises e nacionalidades se odeiam.Os italianos se odeiam entre eles mesmos.E voce quer vir me falar de Europa toda igual?Com seculos de guerras e rivalidade unida?E o que falar da Europa branca hahah sendo que alguns habitantes da Europa sao mais escuros que muito brasileiro(olhe os sicilianos,o Sul da Europa,etc).Ai seu raciocinio de evoluçao de 1500 acaba por terra.Ao meu ver somos todos sere humanos.
    2-Na boa,defendo quem é justo,branco,negro,asiatico,etc.Carater nao escolhe corpo.Engraçado voce falar de nos,brasileiros mestiços.Voce è o que?E pelo jeito nao sabe se aceitar assim como os teus conpatriotas nao te aceitam.Trauma infantial?Voce na verdade tem muito de semelhança com o Seu Jorge,que defende como voce disse a Mamma Africa.Voce defenda a Europa dos teus irmaos.Na verdade voces sao iguais pois defendem quem nem sabe que voces existem.Nos somos brasileiros e daqueles dos bons,camarada.A diferença è que o seu Jorge,cantor de alto gabarito e qualidade defende por ser um cara paz e amor.Voce defende por se achar superior.
    3-Oh Mussolini foi um ditador cujas barbaridades foram inventadas por professores comunistas?haha.Engraçado, que os EUA,o serviço secreto de outros paises nao acharam isso.Tente achar um filme que fala do governo"legal"do ditador italiano que enviava trens de Milao até a Alemanha cheio de judeus para serem mortos.Ah,eram italo-judeus.Mas claro,isso na sua cabeça é invençao.
    4-Verdade,nos brasileiros somos em muita coisa ignorantes.Mas desconheço povo perfeito e os seus amados daqui ,camarada, sao iguais ou piores a nos.Moram do lado de outros paises e sao incapazes de se virar com uma lingua estrangeira.Tanto falam da saudade do brasileiro, mas vao pro estrangeiro e ficam chorando da comida da mamma.Nos brasileiros ainda intendemos a globalizaçao e que ela è inevitavel,os seus amigos nao.Nos respeitamos a cultura dos outros lugares.E seus amigos que vao morar nos EUA e querem que esse seja como a Italia,etc etc.E outra, se o Brasil é assim pq è todo multiètnico o que falar dos teus amigos que so com Berlusconi,Mussolini e afins quebrou sozinho,tendo se salvado com a ajuda dos EUA,pais tao multiètnico quanto o Brasil(e se voce soubesse como italianos sao extereotipados por la e nao sao levados a serio...)
    5-Voce no seu devaneio falou uma coisa certa:respeitar os antepassados.Disso nao discordo e atè fiz um post sobre isso.Mas ficar acreditando que tudo ainda è da època deles,criando ilusao de que voce nasceu na Italia,que è europeu da puta que pariu,querer morrer por quem nao esta nem ai pra voce a nao ser pagar impostos,etc e etc.Parece um fanatismo idiota e cego de alguem que se humilha pra querer ser aceito ou tentar ser o diferente.

    ResponderExcluir
  29. 6-O seu exemplo da menina dançando musica è uma amostra do que brasileiro passa aqui.Porém,enquanto isso acontece com uma menina estrangeira,100 acontecem com uma brasileira.E outra,enquanto uns extereotipam italianos de um modo esse ainda è positivo,ja brasileiro è extereotipado por italianos que sao um povo primo de brasileiro mas se acha nordico haha de modo completamente equivocado.Informe-se como os americanos extereotipam os teus amigos.Voce vai sentir vergonha alheia.

    Pra finalizar,aconselho voce procurar um psicolgo.Dificil talvez ate pra familia conviver com uma pessoa que nao sabe se aceitar e ainda vive pensando na cor da pele,cor dos olhos como sinal de carater.Sou brasileiro branco,possuo primos negros,louros,de origem indigena e muitos amigos idem.Nao tenho vergonha nenhuma disso.Voce ja tem e pelo visto quer mudar o passado.Viva o presente e futuro camarada.

    ResponderExcluir
  30. 1- "Voce deveria estudar um pouco a historia das rivalidades entre povos aqui da Europa."*

    *Vossa senhoria poderia me apontar em meu texto onde eu disse que NÂO existem rivalidades entre povos aqui da Europa?

    2- "inumeros paises aqui estao quebrando e vendendo o almoço pra ter o jantar"*
    *Isso até meu sobrinho de 5 anos já sabe, onde está a novidade? O fato de estarem ricos , pobres, um pouco pobres, miseráveis, etc.. não mudará o fato de serem países que muito ou pouco, para o bem ou para o mal ajudaram na história do mundo, e sem eles vc com certeza não estaria hoje na frente de um computador ofendendo Europeus como gosta de fazer. O fato por exemplo do continente Africano viver em guerra entre eles não excluí o fato de isso ser errado e condenável, são todos africanos e precisam se entender e evoluir, isso não pode ser aceito como algo normal, e o mesmo raciocínio vale para os Europeus meu chapa! O Sr. achar que desunião na Europa é um fato normal e deve ser aceito, isso sim considero um pensamento doente, de alguém que só pensa em ver desunião para poder comer pelas beiradas, vc não me engana, e nem muitos irmãos meus, já estamos vacinados quanto a isso.

    3-"Os italianos se odeiam entre eles mesmos"*
    *Que bom para vc não é mesmo meu caro! É impossível não perceber o prazer mórbido com que vc relata tal fato. Como da mesma maneira é impossível não sentir o seu medo nas entrelinhas de que um dia isso possa se inverter rapidamente.

    4-"E pelo jeito nao sabe se aceitar assim como os teus conpatriotas nao te aceitam"*
    *Repetirei, para vc que não entendeu: Sei que existem os meus compatriotas que não me aceitam, mas são alienados, vivem como zumbis, são idiotizados pelos donos do mundo, ficam resmungando contra todos e tudo, mas de prático mesmo pela nação italiana não fazem nada, tenho certeza que seriam os primeiros a fugir como ratos ao primeiro tiro de canhão!

    ResponderExcluir
  31. olha o homem não gosta de mulher no mundo inteiro pq a virgindade e bom pra mente pq não insinar a mulher brasileira a não querer se achar puta no exterior nem os travecos é uma medida a ser a mulher virgem é feliz sem safadesa sem ordinarice em macumba pra se conseguir homi pois o homem tem uns 10 cm só eles são geralmente velhos e peidam muito ai mulher peidara pela BUCETA isso é nojento quem se ama não fode amem o mundo lindo as paisagens tudo menos o fudimento ass annie

    ResponderExcluir
  32. Sou Italiano, moro no Brasil a 5 anos.. e sobre seus comentarios respeito ao preconceito tenho que descordar. O Italiano gosta muito do Brasil e dos brasileiros, quando estou na Italia com minha mulher ao saber que minha mulher e brasileira e sempre bem tratada e os italianos costumam ser curiosos quanto aos outros povos, alem disso na Italia tem o conceito de "bella figura" que tem que ser feita com os "forestieri".. entao falar dos italinaos como preconceituoso é inaceitavel. Claro pode ter pessoas de cabeca fechada, como se no Brasil nao tivesse, como se nunca ouvi dizer da idosas do sul "negro nao e gente" (ouvi isso e nao acreditei, mas a velhinha falava isso com a maior naturalidade) como se no shopping Fashion Mall nao tem casos (ver a veja da semana passada) de discriminação: Minha empregada me fala que foi a pessoa que mais a tratou bem.. bom que quero dizer, que no Brasil todo mundo é classista e racista? Nao! Mas em todos lugares tem pessoas ruim, mas isso nao significa que tem que dizer que todos os italianos sao preconceituoso, muito pelo contrario.

    Sobre aos imigrantes, e logico que um aumento da imigracão de baixo nivel, sem condicão social, sem nenhuma preparação vai alimentar os circuitos da delinquencia normal com mais probabilidade: os italianos nao sao racista, mas pedem um maior controle nas fronteiras, ja que quando ouver algum tipo de roubo nos 90% dos casos trata-se de estrangeiros e o 75% da população carceraria e de origem estrangeira.. isso necessariamente faz aumentar os votos dos partidos populistas, mas dizer que os italianos sao racistas é inaceitavel.

    Stefano

    ResponderExcluir
  33. O italiano ama o Brasil?

    a)povo que mais vai ao Brasil fazer turismo sexual
    b)racismo Brasil-Itália:no Brasil,racismo é crime com lei para combater isso.Na Itália,o governo e povo apoiam.

    ResponderExcluir
  34. O governo italiano e o povo apoiam o racismo?

    Fala sério, sai da sua caixa vazia e vai dar uma rodada pelo mundo. Vou na Italia a cada ano, não vi nada disso não, muito pelo contrario, tneho inumeros amigos italianos sempre muito cuidadosos comigo. Alem de ser o pais mais lindo do mundo tem as pessoas mais educadas que encontrei, e olha que viajo para Europa varias vezes por ano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se você não vive em uma caixa vazia.

      Primeiro que provavelmente você vem para a Itália a turismo,gastando $$ para o governo italiano e dando dinheiro para os italianos.Todos amam $$ e você por deixar grana aqui.

      Segundo,informe-se masi sobre as atualidades do tal partido Lega Nord que vem em franco crescimento.Informe-se mais antes de falar besteira.

      Eu também tenho amigos italianos.Minha namorada tambèm é italiana super gente fina.Mas ela mesmo diz que a família dela pensa bem diferente pois em geral o povo italiano tem um certo racismo e medo do novo dentro dele.Eu já presencei várias coisas que se contar ninguèm acredita.Ela irá morar comigo no Brasil porque não suporta mais viver aqui e pela mentalidade antiga e anti-globalização do povo.

      Se você ama morar na Itália porque não vem morar aqui?A turismo tudo é bonito.

      Excluir
    2. Querido eu tenho casa na Itália, morei na Itália 3 anos, e vou la pra negocio. Claro que quando estou la gasto uma grana em compras, porque neste pais maldito os imposto são tão altos que não vejo motivo para pagar as coisas o dobro do normal (ultima noticia: nossa querida Dilma quer aumentar os impostos sobre o vinho de 55%, mas aqui ninguém se mexe, ninguém reclama, vamos pagar o vinho o triplo). A verdade é que as pessoas me tratam bem porque eu trato bem elas a diferença de milhares de brasileiros que vão na Itália achando que todo mundo é obrigado a falar português ou que todo mundo tem que ter a farofa no cardápio (a frase pior: nossa sinto falta de um arroz com feijão! Arroz com feijão?? Você está no berço da culinária mundial e você, pateta, sente falta de arroz com feijão? Que povo sem graça!).

      Cada vez que pego o vôo para Milão ou pra Roma, fico ENVERGONHADA com o zoológico brasileiro.

      A lega nord conheço, e conheço muito bem, ja que um meu amigo é "assessore" na cidade de Oderzo no Veneto. Eles querem a transformação da Itália numa republica federal, é um movimento que nasce no Norte da Itália que tem elementos de extrema direita, mas isso representa somente o 2% da base. A Lega Nord chegou a ter a preferência dos 12% dos eleitores italianos (porque aonde eles governam as coisas funcionam muito bem), agora ta caindo um pouco, nas ultima estatísticas estava em torno de 8%.

      Amo morar na Itália, mas infelizmente devido aos negócios da minha família estou presa neste lugar sem graça (São Paulo) sem tratamento dos esgotos, com um rio poluído e nojento que alguns dias fica preto, com um povo mal educado (evitaria de contar o que acontece na piscina do meu condômino no final de semana) e sem cultura que acha que Santos Dumont inventou o avião. Sem falar em que estado se encontra o centro da cidade, assim como o centro do Rio de janeiro.

      Me poupe sua aula de superioridade moral.

      Excluir
    3. Alguém aqui bebe ou toma remédio tarja preta ao cubo.

      Porra,italianos reclam da comida de todo o mundo,não toleram muitas diferenças culturais,vão ao exterior e só falam da saudade de casa,da pasta,da pizza,das massas(que vamos combinar 90% é massa e arroz da dita culinária melhor do mundo)e você vem falar do feijão e arroz que pelo menos ainda são nutritivos :)

      Se ainda fosse a culinária francesa que é mais variada,tudo bem,...mas se enganar assim.

      A maluca vêm defender a lega nord?Se fosse por eles,você,BRASILEIRA do culo brasiliano(expressão italiana)e extracomunitària(expressão italiana 2)nem entraria na Itália assim como não entrariam cachorros de origem não italiana.rs.

      Eu também trato as pessoas bem,também tenho origem italiana e muito respeito a diversidade cultural desde que recíproca além de bom senso.

      Você já foi ao Nordeste brasileiro ou Tailândia e viu os italianos ¨nobres¨atrás de garotas de programa?E você vêm citar a história do Brasil,BRASILEIRA?

      Se você odeia tanto ser brasileira,se mate ou chame um psicólogo dos bons.Pelo jeito você precisa,BRASILEIRA.

      Excluir
    4. Ofende sua mae! Maluco é voce. Falo perfeitamente italiano, não preciso das suas traduções, na Italia sou sempre super bem tratada. Ponto. Tenho amigos da lega nord, são pessoas normais, tem retardados? Tem (como se neste pais nao temos tiririca em brasilia) mas concordo com eles em regulamentar a entrada dos clandestinos ilegais, vagabundos e drogados, o resto não discuto com vc pq vc deve ser muito burro.

      O que vc conhece da culinaria Francesa? Me diga! Não compare a variedade da culinaria Italiana com a Francesa, que alem da nouvelle couisine nao nos apresentou mais nada.

      Trabalho no setor da gastronomia e importo vinhos, não vem falar comigo de coisas que vc nem conhece, se tiver sorte vc ira comer um croque monsieur numa padaria de quinta categoria, so que vc pode chama-lo de misto quente com ovo frito!

      Seu ignorante.

      Excluir
  35. Stefano,você já vive fora do Brasil embora não saiba o motivo o que como brasileiro me deixa desconfiado.Mas enfim, a sua mentalidade é de uma pessoa normal.O que não é bem o caso da média italiana.

    Pois bem,o italiano não é curioso.Possui é medo da globalização.Aceita crítica de um francês a contra-gosto mas se um brasileiro falar algo igual já é taxado.Isso o que è?

    O Brasil na verdade sempre tratou muito bem os italianos.Aqui no blog,o Druida até homenageou os imigrantes italianos mesmo não sendo descendente,embora sua esposa o seja.Na Itália o pessoal já ve estrangeiro como bandido e se acha o tal.Homenagear imigrante na Itália seria como Cristo voltar para a terra....

    Parece que esqueceram o passado aonde eram barrados na Suiça,Alemanha,França e Estados Unidos.

    Moro na Itália e irei embora com a minha namorada para Minas Gerais no final do ano.E sinceramente,sempre respeitei todo tipo de cultura, mas depois de vir morar na Itália vejo que está na hora do Brasil reagir com quem nos julga antes de conheçer e tampouco é o sumo da banana ouro.

    Recriprocidade,que façamos com a Itália assim o que eles fazem com o Brasil,como está acontecendo com a Espanha agora.

    Infelizmente é assim que funciona.Se o respeito não vem pela lógica,que venha pela diplomacia recíproca de quem ofende um povo por Battisti e ainda coloca futebol no meio.

    ResponderExcluir
  36. Porque te deixaria desconfiado o fato de eu viver no Brasil? Foi enviado no Brasil como CEO de uma companhia alemã, conheci minha mulher e a gente decidi de ficar um tempo aqui antes de voltar para Italia. De que voce teria q desconfiar?

    Bom cada um tem seu proprio ponto de vista, voce acha que os italianos são racista e eu sinceramente discordo disso, claro tem pessoas que ão racistas (tambem porque a Italia teve na ultima decada uma pressão imigratoria mutio forte e descontrolada, isso gerou um aumento de crime, que no 75% dos casos é feito por estrangeiro) mas em geral, isso nao tem nada a ver com a nacionalidade. Voce sabe que na Italia, um imigrado clandestino tem direito a saude como uma pessoa normal? 2 anos atras a Lega tentou fazer passar uma lei que obrigada os medicos a dedurar os clandestinos.. quase teve uma revolução. Então se voce me fala que o povo italiano é racista em geral, eu discordo completamente.

    Eu acho racista e classista o jeito de alguns brasileiros tratar proprias empregadas, proprios funcionarios. Quando cheguei em Sao Paulo me deram um motorista, uma noite foi jantar com algumas pessoas de trabalho e eu convidei meu motorista para comer com a gente, me incomodava pensa-lo de fora esperando 2 horas um grupo de gringos comendo no restaurante. O que me fala meu assistente? "Stefano, não pode convidar o motorista comer com a gente, melhor não dar um certo tipo de intimidade para os funcionarios". Eu fiquei bravo, o dia seguinte falei com a pessoa de RH a respeito do acontecimento.. sabe o que a menina me falou? Que o cara estava com razão, no brasil melhor nao dar muita confiança para os proprio funcionarios.

    Ou vamos querer falar de uma amiga de minha mulher que descontou do salario da propria empregada o valor de uma camisa que a coitada queimou enquanto passava? Em dez vezes no salario.

    Acho, muito pelo contrario, que aqui tem uma certa propensão ao classismo (ainda mais no Rio de Janeiro) talvez por causa da cultura colonial. Mas a coisa pior que escutei foi uma senhora no sul, em POA, dona de um restaurante, dizendo Negro não é gente!! 2 semanas atras na veja do rio tinha uma materia sobre comportamentos racistas no Fashion Mall do Rio.. conheco muito bem aquele lugar e nao fiquei surpreso com a noticia.

    Então não vamos generalizar, porque essas são as logicas que fazem o mundo piorar, colcoando as pessoas uma contra as outras.

    Um abraço
    Stefano

    P.S.: quanto ao Battisti, se voce nao esta muito a par do assunto, e sobre quanto a gente passou nos "anni di piombo"(anos de chumbo), se informe antes. França e Italia decidiram de amnistiar os refugiados politicos italianos na França, Battisti não estava na lista, porque os atentados deles nada tinham de politico: foram assassinatos de pessoas inocentes. O Brasil aceitou um bandido, que chegou com Passaporte falso, deu um visto permanente e agora fica livre de fazer o que quiser. Se pra voces brasileiros isso é aceitavel, pra mim e para o meu sentido de justiça nao. Mas quem sou eu afinal para mandar o Battisti para a prisao?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Stefano

      Novamente repito.No Brasil,racismo é crime com leis para isso.No último post do casal que escreve o blog podemos ver que no seu país isso não é não.

      Não acho que alguèm tenha citado que no Brasil não exista esse câncer,mas as pessoas ainda lutam contra isso.Se você conhecer algum idiota desses,denunice.Lugar de bandido é na prisão.

      Com relação ao seu amado Battisti,acho que muita gente não o quer no Brasil.Seria adorável enviar ele mais os turistas sexuais italianos que infestam o país dos outros e acham isso cultural,pagando de playboys quando moram com as mães e tem medo de um relacionamento sério,taxando todas mulheres estrangeiras de prostitutas.Por nós,brasileiros legais,envinharíamos todos eles de volta para a Itália.E talvez as mulheres vendidas que acham casar com turistas sexuais algo chique.

      O problema ao meu ver foi ao receber o não do governo brasileiro,a Itália ter chilique de madame.Oras,o dito cidadão estava na França ao lado e a Itália em silêncio.Mas tudo bem.Reclame diplomaticamente.Já querer misturar futebol e ofender um povo sem ter moral e educação para isso é demais.Voltem a estudar diplomacia.Nem meu avô que é italiano e nem minha família concordam com a atitude de moleque de um governo sem moral,nem exemplar como o governo italiano.

      Excluir
    2. Cara, primeiramente sera o "seu amado Battisti" essa pessoa me da nojo, assim como me da nojo a ipocrisia de um governo que difende bandidos e criminosos que teriam ficar no lugar deles: a cadeia do proprio pais.

      Em segundo lugar eu estou falando, que a o meu ver nao tem preconceito na Italia e voce vem me falando dos turistas sexuais em Copacabana (que inclusive tem de varias nacionalidades).. o que tem a ver isso? Tem turismo sexual na Republica Checa isso significa que tem preconceito contro os checos, cadé o raciocinio logico nisso.

      Quanto as questões historicas do relacionamento França-Italia sobre os terroristas, nao fico te explicando aqui as problematicas da guerra fria na Europa, as tentativas de destabilicação da ordem costituita na Italia, que depois de Yalta ficou sim dentro da Aliança Atlantica, mas tinha o partido comunista mais poderoso da Europa Ocidental. A França era rifugio dos terroristas por varios motivos: Primariamente devido a famosa dotrina Mitterand (socialista ex President de la republique), que nao permitia tinha extradição por crimes politicos e tambem porque a Franca nao fazia parte da Nato (sairam no 66 com De Gaulle). Tentativas diplomaticas de extradição dos terroristas foram varias e continuas.

      Por favor não vem me argumentar com esse papo de boteco "chilique de madame" ou "atitude de moloque" fale por favor com conhecimento das coisas se não estamos so perdendo tempo. A Italia, não e Israel que va manda um commando no pais, mata o terrorista e va embora. Temos muito respeito para os tratados internacionais e das leis da diplomacia.

      Quanto ao misturar o futebol, não entendi? Quem quer misturar ao futebol? Porque voces brasileiros sempre falam de futebol? quem esta falando disso? Aqui estamos falando de um assunto serio e voce me fala de futebol.

      Por Favor..

      Stefano

      Excluir
    3. Olá Stefano.Meu nome é Viviane.

      Residi na Itália de 2008 a 20011 e lembro-me do tal caso.Infelizmente você esta equivocado.Não fomos nós,brasileiros que misturamos as coisas e si foram vocês,Itália.Foi o governo italiano que misturou a diplomacia com futebol.Isso é gafe e nesse nível nós brasileiros ainda não chegamos.Não vivemos só de futebol como vocês pensam.

      http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,em-meio-a-caso-battisti-italia-quer-cancelar-amistoso-com-brasil,313671,0.htm

      Os motivos do governo do ex-mafioso pouco me interessam.O certo é certo e o errado é errado.Sem desculpas e sem churumelas a italiana.Seja objetivo.Quem tiveram chilique foram os italianos.O cara está do lado da Itália e ninguém fala nada.Basta vir para o Brasil e aí começa o festival de ofensas.Sei muito sobre a guerra fria mas sair pela tangente para tirar o corpo fora e colocar a culpa nos outros é fácil.

      Vocês ao meu ver tinham medo de peitar a França isso sim.Franceses dão medo aos italianos.

      Excluir
    4. Voce não entendeu.. esse assunto do amistoso sinceramente nem quero comentar, prefiro falar de assuntos serios. Quando fala de governo ex mafioso a que se refere, por favor seja seria nos seus comentarios.

      Quanto a Battisti, repito, talvez meu portugues não seja facilmente entendido, mas vamos aos fatos, os fatos são as coisas mais importantes, se não estamos no campo das asimetrias informativas e isso faz das pessoas torcedores: a França estraditou, depois de mais 10 anos de recorrencias aos tribunais o Battisti para Italia (repito, não em quanto prisoneiro politico, mas como simples assassino, ja que os crimes cometido pelo Battisti, foram considerados de tipo não politico), o cara risolve arrumar um passaporte falso, chega no Brasil clandestinamente e o Brasil se recusa, in contradição aos tratados bilaterais de extradição (tratados? Uhm, Diplomacia internacional? Uhm Respeito dos acordos Internacionais? Uhm.. será por isso que nos chama de Republica das Bananas) o envio do criminoso para Italia. Tem uma intervista a um juiz brasileiro Walter Fanganiello que explica claramente que "as maos de Lula estão suja de sangre" e que Tarso Genro é um ignorante, ele fala textualmente:

      Pura ignoranza! L´ex ministro della Giustizia Tarso Genro e il professore Dalmo Dallari dell´Università di San Paolo hanno detto che l´Italia è un paese fascista. Entrambi inoltre sostengono che mancano le prove e che Battisti sia un perseguitato politico. Ma se all´epoca dei fatti il presidente della Repubblica italiana si chiamava Sandro Pertini e il Partito comunista era il secondo maggior partito italiano!

      Agora, repito, vem falar com argumentações comigo, não vem falar como se fossem times de futebol (coisas q vcs provavelmente tem q gostar por falta de argumentos).

      Quanto ao voltar ao Battisti (pelo menos se informes sobre os crimes que cometeu) se voces preferem ter um assassino livre de andar pelas ruas de Rio, quem sou eu para dizer o contrario.. vcs tem q ter um atração especial para todos os bandidos do mundo que vem se esconder pra ca, depois ficam se lamentando.. Um pouco incoerente como comportamento.

      Stefano

      Excluir
    5. Sr. Stefano,

      me chamo Andréia e, pelo que sei, Battisti foi julgado e condenado à revelia, com o uso "delação premiada". Por isso, concordei com o Presidente Lula, quando, este, negou a estradição do mesmo. Mas, essa é a minha opinião. Quanto ao racismo e xenofobia, pela minha experiência, há uma enorme quantidade de italianos contrários. Mas, me parecem não ser a maioria.
      Na Itália, provavelmente por não haver um mecanismo legal de contenção social, o racismo e a xenofobia tomam proporções mais evidentes e, por isso, têm com um potencial mais agressivo e perigoso.

      Cordiamente..

      Excluir
  37. Será que eles esqueceram o "marroquinato"? também foi uma mistura de raças...

    ResponderExcluir
  38. Italia racista?
    Imagine...
    Moro aqui ha 4 anos porque me casei com um italiano. Morei anteriormente em outros paises e posso dizer que nao passei nem 10% do que passo aqui relacionado com racismo.
    Nao porque sou negra, amarela ou azul mas simplesmente porque sou brasileira.
    Sou medica e nunca pensei ter que provar pra alguem minhas origens, justificar a cor da minha pele ou provar que realmente era medica e nao uma prostituta que queria um permesso di soggiorno ou a cittadinanza. Estrangeiro pra estar na Italia é porque tem necessidade. Nao estuda e nao trabalha, Todos morrem de fome... Eles acham que o unico pais que da oportunidades no mundo é a Italia. Conheci tantos italianos que moram em Porto Alegre porque casaram com uma brasileira ou porque estao la por estudos... trabalho.
    Aceitei viver na Italia com meu marido porque realmente acreditava na cultura milenar italiana, que o mundo nao tinha fronteiras. Além do mais pra eles a ideia de mudar de pais é muito mais complexa. Nao porque nao soframos por estar longe da familia, mas acredito que seja pela abertura mental e capacidade de adaptaçao muito maior que temos. Pior coisa que poderia fazer na minha vida. Tudo o contrario: "buon viso a cattivo gioco", perbenismo, finta "familia" e muiiito racismo. Independente da cor, raça e profissao que faça. Nao gostam do que vem de fora. E é a coisa mais engraçada do mundo! A formaçao étnica do Rio Grande do Sul por exemplo (sou gaucha) é praticamente europeia. Significa que eles também imigraram. Sem falar no resto do Brasil, América Latina e EUA. E nao porque tinham que estudar, mas sim porque passavam fome. Tomaram conta de terras que eram nossas e tiraram trabalho dos negros depois da aboliçao. Ok, questao historica. Mas quando se trata de racismo, precisamos voltar atras um pouquinho e analisar os fatos.
    Escutei conversar do tipo: cuide de sua esposa, hein. Porque imagine o que nao acontece nos quartinhos do hospital...
    Concordo com o testo, muitos italianos (nao todos porque aqui também tem gente legal) nao tem a minima noçao do que dizem e nao se importam em ferir ao proximo. E nao é relacionada somente com o nivel cultural o intelectual que possuam. Escutei tantas piadinhas em janta com "amigos" do tipo: nossa, sabe que voce tem cara de macaca? Aiii, ela se ofendeu? Sabe que cada pessoa se parece com um animal e ela tem cara de macaquinha! Eu eu naquele momento fui considerada "permalosa" (em italiano, pessoa que se ofende facil).
    Ou as apostas que fazem pra saber se vai nascer o negrinho da familia (meu fututo filho).
    Entre taaaaaantos outros sapos que tive que engolir pra nao passar pela inadapta.
    Rezo pra poder voltar pro Brasil com a meu marido e filho. Depois de terminar meus estudos o objetivo sempre foi este.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que absurdo voce sofreu. Eu como enfermeiro passei por algumas destas e a minha esposa também. Voce falou muitas verdades no seu post.

      Eu sou carioca mas o meu pai é do RS. Conheço o seu estado. O engraçado é que tanto nele como em SP, ES, SC, PR e outras, nota-se a presença de muitos descendentes de italianos. Ou seja, o povo migrou MUITO. Isto sem falar de Argentina, EUA, Australia e assim vai. E hoje, muitos migram novamente para fugir da crise aqui na Italia para os EUA, Alemanha, Suiça, etc. Ou seja, o macaco nao olha o rabo.

      Eu sempe afirmei que existe um preconceito velado, cultural em "brincadeirinhas" que depois eles tentam ainda nos culpar chmamando de permaloso.

      Nem todo mundo é preconceituoso, mas quase todo mundo é acometido por este preconceito cultural, quadrado e velado que se esconde na Italia e é ainda muito forte.

      Excluir
  39. Sou paulista, bisneto de italianos e estive na Itália por 3 ocasiões. Não tirei a cidadania e o maior tempo que permaneci lá foi por 6 meses.

    Vejo que aqui tem muita gente preocupada com o tratamento ou com a opinião de parte dos italianos e gostaria de entender o por que disso, se o mais importante, vocês já têm, que é o reconhecimento e a comprovação legal e jurídica sobre a ascendência e cidadania de vocês... A oportunidade assegurada de tentar a vida em território italiano, com suas vantagens e desvantagens... Com seus costumes!

    Tenho certeza que se seus pais, avós ou bisavós tivessem esta preocupação, de certo, teriam morrido de fome, ou mortos em ações militares numa Itália guerrilhada e a beira da miséria a qual todos eles foram obrigados a deixar zelando pela própria sobrevivência. O que mostra, que, realmente, falta o espírito italiano em vocês. O mesmo espírito que tiveram seus antepassados ao sair de sua Terra Natal para enfrentar, muitas vezes, em outras terras o preconceito, o ego e o protecionismo nacionalista, como muitos tiveram que fazer ao chegar aqui no Brasil.

    Deponho que mesmo não tendo cidadania, fui muito bem recebido em Roma todas as vezes em que lá estive, e dizer a minha descendência, algumas vezes, foi o suficiente para me sentir sendo tratado com um certo cuidado, pelos italianos de fora da minha família. Não fui vítima de preconceito por parte de ninguém. Nem no desembarque, nem do garçon, nem do guarda de transito... Absolutamente não vivi esta experiência. Portanto, contesto muita coisa que lí aqui.

    Problemas todos tem. Na Itália não poderia ser diferente. Mas daí não estar satisfeito com a vida lá, é direito de todo o imigrante que lá esteja vivendo, e, nestas condições, o Brasil está aqui a sua espera com excelentes oportunidades de emprego esperando para ser preenchidas por americanos, ingleses, portugueses, espanhóis, e, inclusive, italianos que tenham qualificações para se encaixar nestas vagas, uma vez, que, no Brasil falta profissional qualificado, por conta do mal investimento feito na área de Educação, apenas um dos vários problemas sociais aqui existentes. Então, aproveito a oportunidade para sugerir aos insatisfeitos que tirem vantagens da permanência aí, pelo menos para ter uma boa formação, voltem para o Brasil uma vez que esteja insatisfeitos e refaçam suas vidas aqui com um emprego melhor. Foquem-se neste objetivo e vivam as suas vidas aí na Itália, não se importando com a opinião de possíveis ignorantes (que existem em toda a parte), ou, escolham melhor vossas amizades.

    E não se esqueçam jamais da frase juramentada do Governo Brasileiro: "Brasil, um país de todos!".

    Vi muita gente aqui dizendo que não devemos negar nossas origens, e, não fazer isso, de fato, é reconhecer que nossa verdadeira origem não é daqui. Façam isso também... Fará bem a todos vocês. Reconhecendo o fato de que todos que estão aqui, com exceção de índios e descendentes de índios, vieram de algum outro lugar.

    Quanto ao tema educação... Pode ser um choque cultural para quem não está acostumado com o jeito italiano... Mas, vocês, brasileiro, se sentem realmente respeitados aqui no Brasil? Tanto por parte da população quanto por parte dos governantes? Este respeito e esta educação que você sentem falta na Itália, vocês encontraram por aqui? Aonde?

    Arrivederci!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodrigo.

      Infelizmente voce vive de passado.
      Ninguém falou que o Brasil aqui é 100% exemplar. Mas voce tirar a Italia como exemplo? O povo italiano de hoje como exemplo a ser seguido? Piada, né?

      Po, os teus ancestrais muito diferem do povo italiano de hoje. Os de hoje nao estao nem ai para os teus ancestrais. Acorde.

      Amigo, todo o seu amor pelo seus ancestrais mostra que voce considera-se um descendente de alguém ao invés do Rodrigo. O seu respeito por eles é maior que a tua identidade, o passado supera o hoje. Pelo menos é o que parece ser no que voce escreve. Os americanos também sao descendentes mas ninguém fica puxando o saco como o brasileiro.

      Respeitar as leis e ancestrais é uma coisa bem diferente de ficar puxando o saco de quem NAO é mais exemplar que nos.

      Acorde, amigo. Voce vive no mundo de novelas?

      Excluir
  40. Tenho uma pergunta... Não existem prostitutas italianas trabalhando na própria Itália?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que existem. Maria Chuteiras, garotas estilo paniquet, corruptos, mafia, etc e etc. Tudo é muito parecido.

      Excluir
    2. Italianas se prostituindo na Italia?
      vá até Berlin ou londres e veja se não há ragazzas no mercado...
      tá cheio!

      Excluir
  41. Também tenho uma pergunta... Existem prostitutas italianas trabalhando no Brasil?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SE TEM!!!! VEJA O SOBRENOME DA MAIORIA DAS GPS BRASILEIRAS... PAULISTA, SOU DESCENDENTE DE POLACO, PORTUGUÊS, VIAJO MUITO, PELO BRASIL TAMBÉM E POSSO DIZER QUE NO BRASIL MUITAS "ORIUNDIS" ESTÃO NO ANTIGO OFICIO... EU MESMO CONSTATEI...

      Excluir
  42. SOU BRASILEIRA E TBM MOREI NA ITALIA DURANTE 17 ANOS, SOU FILHA DE PAI ITALIANO E MAÃE BRASILEIRA. E TUDO QUE DIZEM NESTE BLOG É PURA VERDADE!!!! CADA PALAVRA, CADA PROBLEMA, TUDO!!! PARABÉNS PELO BLOG, FICO FELIZ QUE EXISTAM BRASILEIROS QUE DAO VALOR AO NOSSO BRASIL E NAO SO AOS PAISES DA EUROPA E ACHAM QUE TUDO É PERFEITO LA. BRASIL TEM PROBLEMAS. ITALIA TEM PROBLEMAS. ALEMANHA TEM PROBLEMAS. O MUNDO TEM PROBLEMAS. TODOS OS PROBLEMA QUE EXISTEM NO BRASIL EXISTEM NA ITALIA, ALGUNS MELHORES OUTROS PIORES MAS É TUDO IGUAL. ESTOU DE VOLTA PARA O BRASIL APOS 17 ANOS NA ITALIA, VOLTEI COM MEU MARIDO ITALIANO QUE TAMBEM AMA O BRASIL (MAIS QUE A ITALIA RSRS) E APESAR DE TODOS OS PROBLEMAS QUE ENCONTREI (COMO OS PREÇOS ABSURDOS) EU TENHO A ALEGRIA, A EDUCAÇÃO DAS PESSOAS, O BEM-HUMOR, O SOL,AS 100000000 COISAS DELICIOSAS DE SE COMER (QUE NA ITALIA NAO TEM) E ACIMA DE TUDO EU TENHO O ORGULHO DE TER NASCIDO EM UM PAIS ONDE DEUS ESTA NOS CORAÇÕES DE TODOS, SEMPRE, EM CADA PALAVRA. OS ITALIANOS NAO DIZEM: VAI COM DEUS, QUE DEUS TE ABENÇOE, FIQUE COM DEUS. O PAIS DO VATICANO NAO TEM DEUS NO CORAÇAO. O BRASIL É ABENÇOADO POR DEUS E ISSO É FATO. TEMOS A ESPERANÇA DE QUE SERAÁ UM PAIS MELHOR. AMEM!
    ATE LOGO AMIGOS, ADOREI O BLOG E SEMPRE VOU SEGUI-LOS. FIQUEM COM DEUS!!!

    ResponderExcluir
  43. Oi Druida. Tudo bem? Vou contar sobre as minhas experiências na Itália durante três anos. Morei na Itália a trabalho e pela curiosidade de ver a terra dos meus antepassados pois como inúmeras pessoas no planeta também possuo origem italiana. Sou brasileira do Mato Grosso do Sul com origem italiana por parte de pai. Não tenho vergonha e nem orgulho disso. Nunca me orgulhei de ser oriundi e acho uma tremenda babaquice quem fica nesta conversa de sou italo-brasileira. Coisa de pessoa ignorante que quer criar um status mentiroso. Todos respeitos aos antepassados mas o hoje é o hoje.

    Tive uma oportunidade de viajar para a Itália e como gosto de viajar aceitei. Diferente de umas ou outras que viajam para a Europa para serem bancadas por gringo que enxergam elas como escravas sexuais ou prostitutas que querem catar gringo no carnaval, vim para ensinar pois sou professora de alemão e uma firma alemã no qual eu trabalhava estava recrutando pessoas que sabiam alemão para ensinar aos italianos que trabalhavam em outra empresa. Eu também falo italiano e consegui a vaga.

    Achei a Itália um lugar bonito geograficamente. Mas os meus elogios acabam aqui. No passado tive a oportunidade de morar no Canadá por 7 meses, Austrália por um ano e nos EUA por 6 meses. Em nenhum destes lugares conheci um povo tão ignorante, asqueroso, nojento, preconceituoso e mal educado como o povo italiano. Não quero defender o Brasil como terra prometida ou nenhum outro lugar. Mas é impossível citar a Itália como paraíso pois isso é desonesto. E cobrir os erros de italianos ou Itália com propaganda mentirosa sobre os italianos é quase criminoso como fazem uns blogs pela internet.

    Poderia passar horas aqui falando sobre como eles acham que não existe outro lugar além da terra deles no planeta. De como enxergam as brasileiras e de ao mesmo tempo como brasileiras se comportam aqui. Do amor dos italianos por travestis. Da falta de estudo de geografia nas escolas italianas. Do amor que os italianos possuem a malandragens, corrupção, falta de estudo e futilidades. De como odeiam trabalhar. Você viu como eles brigam gritando por tudo que é coisa pequena como se fosse uma guerra sem nunca concluir nada? E a Máfia?

    No meu trabalho eles ficavam chocados comigo pois eu havia morado em diferentes lugares e sei falar mais idiomas. Mas como não gostavam de perder para uma extracomunitaria como eu viviam me enchendo o saco com piadinhas do Brasil ou para falar em dialetos italianos. Para que eu vou querer aprender um dialeto de um lugar antigo, quebrado e de um povo arrogante mal educado? Dialetos que para nada servem? Gosto de me adaptar mas foi depois de um tempo que notei que o problema não era eu não falar dialeto. O problema eram os italianos que com invejam queriam me testar e ficavam fazendo piadinhas sobre o Brasil pelas costas para me diminuir. Uma mistura de inveja, recalque, raiva, ciúme.

    ResponderExcluir
  44. E sobre culinária? Deus do céu, tentei cozinhar como eles, aprendi e vi muito estrangeiro de brasileiro a islandês humildemente tentando se adaptar a cultura italiana aqui mas nunca éramos bons o suficiente. Todos éramos extraomunitarios, palavra usada daquele jeito ofensivo que eles gostam de usar. O absurdo das coisas que vi foi um italiano discutir com uma menina canadense na rua pois ela estava comendo um panino com mostarda. Na firma tentamos fazer um jantar ou outro com colegas italianos de todas as classes sociais mas arrogantemente eles queriam competir como os colegas estrangeiros e ficavam arrogantemente contando vantagem sobre a Itália falida. O mundo todo não prestava.

    Depois deste três anos tentando manter a calma na Itália a melhor decisão que tomei foi pegar o meu marido e o meu filho e ir embora. Itália nunca mais e nem pra turismo. Vou gastar meu dinheiro em outro lugar e se puder troco a minha cidadania italiana. Não devo nada a ninguém e embora respeite os meus antepassados passado é passado.

    Desculpe o texto longo mas achei o blog certo para falar umas verdades para pessoas que precisam ouvir. Boa sorte com o blog. Vocês são pessoas sozinhas contra a cultura do vira-lata brasileiro que compra a falsa propaganda italiana. Vou seguir o blog com certeza.

    Até mais.

    Luciana.

    ResponderExcluir
  45. olha eu tava com vontade de conhecer a italia mas depois de ler isso gasto o meu dinheiro da viagem em outra coisa sempre achei esses italiano porco.

    ResponderExcluir
  46. cavolini di bruxele ! Luciana ! tu mandou ver hem ? mas tu tens razão , não vivo na italia ,mas assisto de vez enquando os programas italianos e fico literalmente de boca aberta com as barbaridades itálica !

    ResponderExcluir
  47. Bom dia, Druida e Maga. Tudo bem?

    Eu achei o blog de vocês por acaso e amei. Eu vivo no Canadá e de vez em quando dou dicas pela internet sobre viver aqui. Faço isto ocasionalmente porque tenho pouco tempo. Eu morei na Itália por exatamente 3 anos e 5 meses. Cheguei na Itália em 2005 e sai em 2008. E dou graças a Deus por ter me mudado deste lugar. Vejo que vocês falam sobre turismo sexual uma vez ou outra e acho isso importante. Um alerta deve ser tido a todas as mulheres: italianos são os campeões em turismo sexual no planeta e a Máfia ganha muito dinheiro com isso. Muita periguete deslumbrada compra gato por lebre por ser idiota. Vi isso inúmeras vezes na Itália. Eu sempre andei no meio de pessoas cultas e educadas e até entre elas vi um sentimento um tanto estranho, algo muito italiano e notei que este sentimento foi repassado ao Brasil. Crise moral. Não sei se você acompanha o caos moral que afeta o Canadá, EUA, Brasil e todo o Ocidente. O que eu posso afirmar é que muitos italianos criaram isso e hoje suportam o que esta acontecendo. Isso é tão importante quando o turismo sexual. Vou citar alguns exemplos:

    Antonio Gramsci : foi um filósofo, político, cientista político, comunista. Ele defendia tudo o que os comunistas defendem. Utopia, genocídios em prol da causa comunistas, igualdade forçada e o fim de valores morais e culturais ocidentais. Mas ao invés de usar de força e meios militares para destruir a nossa civilização, ele pregava o fim da cultura ocidental a partir do interior. A partir disso o Ocidente seria derrotado sem saber a causa. Gramsci como bom comunista queria o fim do Ocidente, da família e nossos valores.

    Leia mais aqui ou pesquise sobre ele: http://www.emdireitabrasil.com.br/index.php/politica/457-a-estrategia-do-doutrinador-antonio-gramsci.html

    Mino Carta: jornalista comunista e defensor de regimes socialistas atua como seguidor de Gramsci. Saiu da “gloriosa” Itália quando criança e veio destilar o seu veneno socialista no Brasil. Prega absurdos como bom comunista que é e incentiva toda a agenda da esquerda no Brasil. A maior mentira dele é afirmar que “Marx era de direita” e pregar o comunismo as escondidas. Ele segue a ferro e fogo a doutrina de Gramsci. Tenta esconder que é comunista mas isso é impossível para brasileiros perspicazes.


    Cesare Battisti: terrorista comunista, assassino e vagabundo que usa do politicamente correto e dos mentirosos movimentos sociais para pousar de vitima. Ele é mais um esquerdista que faz isso. Psicopata como todo comunista, matou inocentes sem sentir piedade. Odeia os EUA como todo italiano e fugiu para o Brasil por causa do apoio dos terroristas que nos governam. Muito idiota acha este homem um exemplo por ser “europeu”. Estes idiotas parecem as vadias que dormem com turistas sexuais por serem europeus e depois fazem vitimismo.

    (msg vai continuar)

    ResponderExcluir
  48. Domenico de Masi: um sociólogo italiano contemporâneo esquerdista que prega o "progressismo". Acha que trabalhar pouco é o futuro. Este é o tipo de intelectual esquerdista idiota que adora o Brasil pelo brasileiro ser inocente o bastante por tratar ele bem, vem aqui fazer turismo sexual, baixaria, enaltece defeitos, troca o certo pelo errado e criam teses absurdas. Tais idiotas se consideram progressistas mas adoram conforto, luxo, riqueza. Domenico de Masi é a cópia fiel de um pseudo-intelectual vindo da Itália, a falsa Europa . Este cidadão enaltece os piores defeitos do Brasil como qualidade, mas fica curtindo as benesses do mundo desenvolvido italiano (ou o que resto dele, tudo proporcionado pelos Estados Unidos da América). Se ele acha tão agradável essa nossa cultura primitiva por que não mora em cavernas? Ou ele só quer a renda da venda dos seus livros e palestras para idiotas úteis? Domenico é outro que curte a terrível bossa nova e a esquerda caviar como Chico Buarque que apoia genocidas esquerdistas. Ele é aquele tipo de pessoas que apoia o o estereotipo do povo brasileiro.

    Não sei qual é o posicionamento sobre assuntos geopolíticos de vocês. O que noto é que embora vocês deixem dicas sobra armadilhas de viver na Europa, falem do turismo sexual e outras maluquices que só acontecem na Itália, falta um algo mais e vocês me parecem sagazes o suficiente para perceber o que acontece no Ocidente. Podemos debater coisas mais complexas e tentar deixar um mundo melhor para as futuras gerações mas sem esquerdar, sem relativismo moral, cultural, social e sem entrar na falácia marxista da igualdade.

    Desculpe o texto longo.

    Maria Schlesinger Debrassi/ Canadá

    ResponderExcluir
  49. preconceito contra brasileiros na Italia? não se compara ao preconceito dos italianos contra os brasileiros no próprio Brasil

    http://guiadoestudante.abril.com.br/aventuras-historia/brasileiros-x-italianos-conflitos-mortes-sao-paulo-fim-seculo-19-774262.shtml

    ResponderExcluir
  50. Sei la.. sobre os "preconceitos" a grande maioria escreve mais a realidade do Brasil do que se encaixa em preconceito em si..

    "-Escutar que a bandeira do Brasil esta errada e deveria estar escrito "desordem e regresso"."
    Concordo ta errada mesmo..

    "-Escutar que mulher brasileira é prostituta/facil e a "linda" descriçao de como brasileira faz sexo."
    A Copa do mundo provou que se o cara é estrangeiro essa afirmação procede. E ele nem precisa desembolsar 1 real.

    "-Escutar que todo homem brasileiro é gay porque a Italia tem tantos travestis brasileiros."
    Ñ culpo eles de pensarem isso já que a grande maioria dos travestis da Itália são BR..

    "-Aparecer um italiano do nada e querer fazer amizade do nada comigo porque sou brasileiro e assim ele pode conhecer alguma mulher brasileira.Esse cara tinha ido fazer turismo sexual no Brasil."
    Isso ñ é preconceito e sim a maravilhosa imagem que o Brasil tem la fora. Se ñ houvesse turismo sexual no Brasil, então provavelmente ele ñ teria essa imagem.

    "-Escutar que brasileiro é favelado, passa fome e é bandido ou traficante."
    Bom.. é verdade.. afinal no Brasil ninguém vai preso , e c vc for preso o governo te paga uma "bolsa presidio", é praticamente um incentivo ao crime. E com os salários de fome que a maioria dos brasileiros ganham, realmente eles passam fome.

    "-Escutar que no Brasil nada funciona."
    Mais pura verdade..

    "-Escutar que no Brasil fazer sexo é facil aonde basta falar com a mulher,beijar e pegar."
    C vc é europeu funciona assim mesmo.. cansei de ver isso na copa do mundo.

    "-Escutar que no Brasil as pessoas tem varias origens pois todos fazem sexo como todos."
    Já isso é ignorância, a história explica qq aconteceu de fato.

    "-Escutar que brasileiro não trabalha, só faz festa e joga futebol."
    Moro no Brasil e escuto a mesma coisa aqui no Brasil mesmo.. tb ñ concordo..

    "-Escutar de um funcionário publico do governo que o Brasil tem tantas pessoas de origem italiana porque os italianos "transaram/fizeram sexo" com tanta mulher brasileira. Ou seja,"pegaram geral"."
    Tem pessoas estupidas no mundo todo. Se vc for demitido aqui no Brasil é comum vc ser xingado pelos funcionários públicos ao ir dar entrada no seguro desemprego. È comum eles ficarem chamando o povo da fila de vagabundos,etc..

    "-Como voce é cidadao italiano se nasceu no Brasil?(desconhecem as proprias leis)"
    O reconhecimento de cidadania Italiana ñ é a lei mais popular por la ñ..

    "-Para um amigo meu de SC. Como voce é brasileiro se voce é louro?(No Brasil existem so negros,indios,orientais,...?)"
    Isso ñ é preconceito é só curiosidade e um pouco de ignorância a respeito do Brasil, da mesma forma que temos a respeito de outros lugares.

    "-Se voce nao se comportar na mesa como um italiano e nao comer as mesmas coisas que eles voce é "selvagem"pois eles "inventaram" a comida."
    Claro, antes disso as pessoas viviam de luz.. Mas sério, c vc for comer na casa de um italiano na Itália e no minimo ñ tentar entender a cultura deles antes vc vai estar pedindo umas olhadas tortas pra vc..

    "-Italiano se veste com bom gosto os outros(alemaes,ingleses,brasileiros,etc)possuem péssimo gosto."
    Bom.. como ja dizia uma senhorinha que tirava meleca do nariz e comia. "Gosto é gosto e ñ se discute."

    "-Escutar que as velinas sao meninas lindas enquanto uma brasileira que dança é prostituta."
    Como já tentei esplicar antes.. taxar a brasileira de puta é normal no mundo todo. Isso por culpa do comportamento delas quando enxergam um estrangeiro.

    ResponderExcluir
  51. Olá, sou brasileira, lamento que isso também ocorra na Itália, assim como em Portugal e Espanha. Começo a perceber que na Europa, os países apesar de se dizerem de primeiro mundo tem mentalidade provinciana e equivocada, mesmo com a globalização.
    Diferente do Brasil que por ser um país de imigrantes teve que aprender a conviver com todas as diferentes culturas, raças e religiões e cultivar a tolerância.
    Mas devo parabenizar você pois contrário aos descendentes de portugueses que são os primeiros a mal dizer nosso país e apoiar as atitudes dos seus conterrâneos, você pelo menos assume ser brasileiro e defende a nossa gente e nosso país. Isso não é trair o país de seus pais é apenas pedir respeito ao país que acolheu os seus em um momento em que precisavam tentar a vida longe de sua terra natal.
    Aqui pode ter muita corrupção, por parte dos políticos e até de muitos cidadãos, mas o país Brasil é maravilhoso e também tem em sua maioria pessoas muito trabalhadoras e honestas sim!
    Existe os sem noção, sem educação , sem pudor, sem escrúpulos e são estes que sujam e difamam o nosso povo e nosso país.
    Mas se nós mesmos permitirmos que nos coloquem dentro desse saco sujo que alguns povos europeus querem nos colocar, que futuro esperamos dar aos nossos filhos. Por isso quando entro em um site que falam de racismo e tem certos brasileiros ansiosos, por uma esmola de atenção, vinda de estrangeiros, como se estes fossem humanos de melhor qualidade que outros. Faço questão de entrar e meter o dedo na ferida, não para provocar ninguém, mas para tentar despertar estes zumbis.
    Veja só, atualmente os mesmos espanhóis e portugueses que nos difamam e que até pouco tempo atrás, batiam a porta na nossa cara, estão marchando para o Brasil em busca de oportunidades, eles não admitem, mas a coisa lá tá feia.
    E o Brasil como sempre de portas escancaradas com os brasileiros de braços abertos para receber os pseudos irmãos, que mais tarde serão os mesmos que nos darão as costas, e assim a história segue se repetindo até quando eu não sei....me dá nojo, mesmo eu sendo também uma descendente dos mesmos.

    Abraços e boa sorte para vocês aí!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc exagera em alguns pontos. Primeiro que dizer que Brasil é uma terra gay por causa das travestis é uma mentira sua, uma porque nestes países, o conceito de travesti( é uma ofensa para homens que se vestem de mulher ) é bem diferente de transexual( que são vistas por outros olhos ). Vc deve ter a tez escura ou latina e por isso, vc e sua mulher deve sofrer tanto preconceito. Moro em Milão a anos, sou naturalizada italiana e sou uma travesti. Os italianos, como os suíços, os gregos, os portugueses e boa parte da Europa ocidental dá outro tratamento as transexuais do que, aquele que é nos dado no Brasil. São mais respeitosos, elegantes e educados. Existe os mais engraçadinhos? Existe, mas não se compara com a transfobia internalizada no Brasil. Na Itália, é natural uma transexual( não confundir com os gays, dragquens e homens barbados e de cabelo no peito vestidos de mulher ) namorar, enquanto no Brasil não, ela é jogada no mundo da prostituição e pronto, tudo resolvido, tudo certo para aquelas que foram destinadas ao submundo para servir machos covardes em troca de dinheiro para sobreviver. Várias transexuais brasileiras se casam com europeus, conseguem cidadania e respeito. Coisa que no Brasil ainda vai demorar muito.. muito.. É seu tipo, que fala que o Brasil é gay porque tem tantas travestis na Itália, são vcs que levam essa cultura transfóbica a outros países, quando não, os islâmicos ou outros países latinos. Eles aprendem com vcs. Ainda assim, embora aprendam com vcs, a grande quantidade de travestis brasileiras que vive na Itália e na Europa não são mortas como são no Brasil. Olha que são muitas aqui em Milão. O que acontece é, que travesti morar ilegalmente aqui é problema, ter traços afro, latino, asiático, islâmico é problemático. Tanto nos EUA como nos países da Europa ocidental o maior problema é racial e não sexual( que abrange as orientações sexuais e identidades de gênero ), isso não significa que não exista preconceitos quanto as questões sexuais, existe. Mas nem se compara ao Brasil. Tanto, que são os europeus que tiram as travestis brasileiras do poço e da fossa o qual a cultura brasileira nos coloca, são eles que nos dão condições de vida, são eles que nos namoram, que se casam com a gente sem sermos apontadas, discriminadas e mortas. Mas para conseguir isto, a travesti tem que ser bonita e feminina. E estas, geralmente, nem olha para os lixos dos brasileiros heterossexuais. Porque brasileiro heterossexual não sabe a diferença entre sexo e gênero, e, o gênero feminino, várias travestis possuem, até o sexo possuem, ainda assim, resumem o sexo do indivíduo a genitália. Nãos levam em conta os caracteres sexuais secundários, só os primários. Não leva em consideração que o sexo não está na genitália e sim no cérebro. Porque, se não fosse, não existiria pessoas intersexuais( com sexo ambíguo interno, externo ou produções hormonais adversas ). Pessoas estas, sem definição sexual, quem define o sexo delas? O cérebro, aquele que ela se identificar será seu gênero. Portanto, as pessoas intersexuais são prova viva de que, é o cérebro quem define o gênero do individuo e não uma genitália. Existem mulheres nascidas com vaginas que possuem cariótipo XY( de HOMEM ) e nem por isso, tendo o código genético de HOMEM, deixam de ser mulheres. Sabe por quê? Porque elas se identificaram como tal e não há nada no mundo que fará estas mulheres mudarem o gênero que as mesmas se reconhecem. Nem as travestis, nem as mulheres trans e homens trans, pois seus gêneros foram definidos pelo cérebro( que é o correto ) e não pela genitália.

      Excluir
  52. Da velha Europa eu quero distancia. Não bastou o que lhes aconteceu com a WW2...Agora que os muçulmanos que cuidem deles. Sou descendente de Italianos por parte de pai e mãe, e pelo que lembro deles eram dois racistas e invejosos e o que tinham para conversar quando não estavam brigando era sobre a vida alheia, conversas que misturavam meia duzia de palavras italianas mal pronunciadas com português mal falado. Sobre a vizinhança de descendentes de italianos lembro de não poder passar na rua em frente a algumas casas porque delas vinha uma chuva de pedras seguidas de gritos "Sassate". Em todas as raças existem pessoas monstruosas, não me engano, mas especialmente da raça italiana eu quero distancia. Não suporto o idioma, o sotaque, o jeito de falar.

    ResponderExcluir
  53. Dos Italianos eu só quero a culinária, os bons óleos e vinhos....

    ResponderExcluir

Seja bem vindo e volte sempre para postar.Seja educado que as pessoas serao educadas com voce.Manifestos racistas e xenofobos nao serao bem recebidos.Argumente com fatos e aprenda a aceitar a opiniao dos outros.

Druida e Maga.