terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

O atendimento de saude na Italia



Salve.
Minha mulher e eu trabalhamos como enfermeiros. Ja trabalhamos praticamente em toda a Italia, incluindo as ilhas, do Norte, centro Italia e ao Sul. E nessa experiencia de trabalhar em hospitais pediatricos, atendimento a domicilio, hospitais e casas de repouso( asilos para idosos) nos fez entrar em contato com coisas que pessoas de outras areas nao possuem por estarem mais preocupados com moda, viagens,roupas e assim vimos uma  Italia nem tao bonita as vezes. Mais crua e verdadeira que a novela nao mostra.
E isso brasileiro nao fala por ignorancia ou por deslumbramento,querendo negar o que nem sempre condiz com o seu ideal de “primeiro mundo.”Adoram sentar o pau no Brasil,mas quando o mesmo problema existe no estrangeiro fingem nao ver para se sentirem por cima.Nos nao e afirmamos que muitos do problemas da Italia existem no Brasl e vice-versa.

Qual è a diferença entre o atendimento de saude italiana e brasileiro?
Primeiro de tudo e sem querer puxar a brasa pro lado brasileiro, o profissional brasileiro é mais qualificado. Possui uma formaçao melhor, mais abrangente, estuda mais, aprende técnicas mais avançadas, é mais interessado e tem uma relaçao humana melhor com o paciente. Isso vale pra varias areas da saude(médicos, dentistas, fisioterapeutas, enfermeiros, nutriocionistas.etc).Ja vi muito profissional italiano reagir com gritos com pacientes ou deixar de trabalhar pra  ir fumar cigarro ou tomar café (fazem as famosas pausas).

Italianos se estressam por nada  as vezes pra dizer que trabalham ou entao nao se estressam e nao estao nem ai.
Muitos ainda cobram um dinheiro de pacientes pra fazer o seu proprio trabalho (faço isso por 10 euros,como ja escutei de um auxiliar de enfermagem).

Resta aos desavisados brasileiros(com pouca informaçao) e italianos(que adoram dizer que sao superiores ao mundo) que o Brasil possui falta de recursos financeiros (assim como a Italia em muitas regioes) mas definitivamente possui melhor capacidade tecnica e material humano. Aqui o dinheiro existe(e so em algumas cidades quando a corrupçao nao faz desaparecer) mas a qualificaçao,imparcialidade e profissionalismo dos profissionais deixa muito a desejar por ser"primeiro mundo"( e isso nao é uma diferença cultural, pois pacientes sao iguais em todo o lugar).

Presenciei cenas de pessoas que tiveram complicaçoes por ter que esperar na fila do pronto-socorro,sendo que era um caso de urgencia. Presenciei profisional italiano ter que fazer uma coisa e fazer outra, complicando mais a saude do paciente e pessoas nao saberem o basico com localizar uma veia ou aonde era um musculo. Em toda minha experiencia no Brasil,isso nunca aconteceu. Fora casos barbaros como escutei acontecer em Milao na Clinica Santa Rita aonde operavam pacientes com contra-indicaçao total (idade avançada, doenças severas), fazendo transplantes sem objetivos somente para ganhar mais dinheiro do sistema de saude italiano e os pacientes falecerem. Ou pessoas que ficavam internadas no pronto socorro e em  corredores por faltar vagas. Ou hospitais que recebiam dinheiro do governo que era desviado pra interesses pessoais, além de barbaridades em operaçoes, diagnosticos,etc.”Primeiro mundo” total(ironia).

Publico x Privado?
Isso vale pra qualquer lugar do mundo. Quem conta vantagem sobre isso na Italia, mente. O atendimento privado por possuir mais recursos financeiros possibilita uma maior qualidade em material e agilidade, pois nem todos podem pagar e isso em qualquer lugar do mundo. Aqui na Italia nao é diferente, assim como no Reino Unido,  Brasil e EUA(saude publica nao existe) aonde morei.

Saude publica na Italia.Vantagens,desvantagens e diferenças.
Se voce é cidadao italiano ou residente na Italia voce deve ligar para o seu médico de familia( um médico geral) e ir no consultorio dele, fornecido e selecionado por voce na lista quando voce for fazer a sua carteira sanitaria (postarei sobre como fazer isso).
Chegue na hora marcada,aguarde na fila e tenha o seu atendimento gratis. Se voce precisar de um especialista, o médico liga para o especialista que mantem o seu nome na agenda e liga pra voce quando possuir horario. Podem ser dias ou meses.Dependendo a regiao que voce mora,o atendimento é mais organizado.O especialista atende em outro consultorio ou e um hospital.As vezes pagar vale a pena se o caso for urgente,mas selecione bem o médico. Nao é porque é europeu e cobra caro que é melhor qualificado. Em muitas areas o Brasil é superior tecnicamente, embora possua menores recursos financerios.
Se for um atendimento particular, basta ligar pro médico,ir, pagar e ter a consulta.
O atendimento particular é pago e custa caro(como em qualquer lugar do planeta).O atendimento publico italiano as vezes nao custa nada como o SUS sendo que as vezes é necessario pagar uma pequena taxa simbolica(que para alguns italianos é tida como cara)e que somada a quantidade de vezes que voce for ao hospital pode ser cara no montante final.

Atendimento dentario faz parte?
Nao. Atendimento dentario é particular e como disse antes, a formaçao italiana é pior. Nao recomendo e pessoalmente nunca fui em dentista italiano. Falta de jeito e de conhecimento técnico para tratar os pacientes pra quem cobra tao caro por ser italiano e pra dar golpe em brasileiro/turista desavisado.

Atendimento urgente em pronto-socorro.
Basta ir em algum hospital de pronto-socorro pra ser atendido. Encare uma fila e uma triagem de casos mais urgentes(aqui erram muito nisso). Adiciono que tem hospital com falta de pessoal adequado e sem ter  material preparado  para atendimentos de urgencia mais graves.Mas tem hospital bom também.

Medicamentos gratis existem?Aborto pode ser feito?
Sim. O sistema de saude italiano SSN fornece alguns medicamentos gratis como para hipertensao que sao mais baratos. Outros mais caros so mediante pagamento.Pilulas anticoncepcionais nao fazem parte deles(sao gratis) e a burocracia para ter uma receita é: ligar  para o médico de familia, ir ao médico de familia e ir a farmacia.  Nao existe distribuiçao gratis de preservativos.O aborto é consentido no periodo inicial da formaçao do feto.O INPS italiana trata das questoes com relacao a previdencia e tem relacao com o SSN sobre aposentadorias por invalidez entre outras coisas.

Consultando um especialista: prepare-se,a burocracia é pior que o Brasil,com filas para isso e aquilo e voce pode esperar um LONGO tempo pra ser atendido se for o sistema publico.Claro,umas regioes sao mais agilizadas que as outras e isso é bom pra voce saber que nem toda Italia è igual,assim como nem toda Europa.Isso é mentira pura.A Europa possui varios povos,paises e culturas diversas e umas inclusive se odeiam ou nao se toleram.

Vou do Brasil para a Italia.Devo comprar seguros-saude de agencias de viagem?
Grande golpe das agencias de viagem pra conseguir uma grana extra em viagens para a Italia. O Brasil possui um convenio internacional  que possibilita atendedimento de saude gratis com alguns paises como a Italia, Portugal, Espanha, Argentina,etc para turistas e viajentes desses paises.

Como fazer?
1-Va ao Ministério da Saude- Setor de Acordo e Convênios Internacionais
2-Apresente: Passagem Aérea ou Declaração do Período de viagem,RG,Passaporte,Comprovante de Endereço no Brasil,Comprovante de contribuição do INSS e respectivas fotocopias.
3-Se for contribuinte do INSS,leve a carteira de trabalho. Se nao for, voce tem que pagar a primeira parcela e isso é feito atraves do INSS.Faça isso e depois retorne ao Ministerio da Saude.

Vou morar na Italia. O que devo fazer pra ter acesso a saude publica?
Voce pode usar o seu seguro de saude(convenio Brasil,Italia) enquanto estiver no prazo de validade.

Outro caminho se voce tiver cidadania italiana ou precisar morar mais tempo aqui na Italia é depois de ter fixado residencia, ir ao Serviço Sanitario da sua cidade(nao é um posto de saude) com a identidade italiana/ ou  passaporte brasileiro/permesso di soggiorno(quem nao tem cidadania italiana)e codice fiscale(CPF italiano) para solicitar a tessera sanitaria. Voce recebera uma provisoria e uma lista para escolher o seu médico de familia(Médicos clinicos gerais perto da sua casa). Para médicos especialistas voce deve primeiro ir ao seu médico de familia, ser encaminhado e enfretar uma fila pra ver um especialista em algum hospital publico.

Caso for particular, basta pagar em Euro.

Italianos tambem reclamam do seu sistema de saude,que como citei acima tambem falha e aqui tambem medicos fazem falcatruas pra ganhar dinheiro,como no caso da clinica Santa Rita que operava pessoas com alto risco de morte so para ganhar dinheiro do governo.Nem tudo è o paraiso que voce imagina.E norte-americanos também reclama, ja que seu sistema de saude publico nao existe e até escutei de ingleses e outras nacionalidades que os seus proprios sistemas de saude sao ineficientes.Ou seja,nao idealize morar no exterior e fique esperto.Nem todo mundo que se diz principe nobre realmente o é.

http://paologia.blogspot.com/2009/09/italiani-delusi-dal-servizio-sanitario.html

40 comentários:

  1. Vc esta errado,Druida. Italia é primeiro mundo sim.

    Embora trabalhe com moda e design vi um caso aqui no Norte da Italia aonde fui bem atendida.Eu estava com uma dor de cabeça tremenda e tiver sorte de nao pegar fila.

    Eliana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Eliana vc e privilegiada pq eu sofro de enxaqueca e um dia nao aguentava mais e fui no pronto socorro e fiquei la por cinco horas e eles nao me atenderam.
      A menos de uma semana atraz fui em outro pronto socorro poise stava com fortes dores abdominais, e ainda fui por indicacao do meu medico de familia, resumo mais seis horas e no final quando fui atendida eles me trataram super mau!!!!
      Na saude e em muitas outra coisas eles nao tem nada de primeiro mundo!!!!!

      Excluir
    2. essa Eliana teve sorte. tenho a cidadania ítalo brasiliana e moro em veneto que fica no norte da italia onde qualificam de uma das melhores e ti garanto que não e como dizem.... pronto socorro tem que pagar 25 euros mais 25 se precisar de especialista....se precisar de exame paga pelo exame também... so não paga se tiver um osso quebrado ou estiver morrendo...tenho péssimas experiências com medicos italianos infelizmente. são frios simmmm principalmente quando o paciente e estrangeiro pois mesmo tendo a cidadania italiana pra eles se não nasceu na italia nunca deixarão de ser estrangeiros. a diferença do medico italiano e brasileiro e sem duvida nenhuma o calor humano que aqui na italia não existe.

      Excluir
  2. Che strano. Tu dici che la sanità pubblica in Italia non sia molto buona e che i medici e gli infermieri italiani siano poco professionali. Io, purtroppo, fin dal mio primo giorno qui in Brasile, ho avuto a che fare con la sanità pubblica brasiliana (pubblica, non particular) e ho visto cose da lasciarmi letteralmente scioccato!

    Ospedali con un livello di sporcizia vergognoso... macchinari risalenti all'età della pietra e alcuni non funzionanti... oppure macchinari nuovi ma nessun personale in grado di usarli per mancanza di conoscenza tecnica adeguata... risolevere qualunque problema clinico con una flebo, pensando che un semplice "soro" faccia miracoli...

    Ho visto ambulanze che sembravano furgoni per il mercato, dove il "motorista" ha l'obbligo di non "mexer" con il malato perchè non ha la competenza adeguata (io ho dovuto litigare con lui per farmi aiutare a far salire mia madre, semiparalizzata, sulla lettiga, pur lui vedendo mia madre stesa a terra sulla strada e io che da solo non riuscivo a sollevarla).

    Ho visto persone in coma portate in casa, lasciate da sole con qualche parente che le curava, in un sitio sperduto di qualche città del interior, solo perchè l'ospedale non sapeva come curarle.

    Ho visto cose che voi umani non potete neppure immaginare (parafrasando un bellissimo film di Ridley Scott), ma l'importante nella vita è non gritar, vero?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. franco chi ti ha offeso e un cretino!che non capisce niente

      Excluir
    2. eu mora em Roma e outro dia precisei ir de ambulancia com meu filho pro hospital e sinceramente pensei se realmente aquela era uma abulancia caindo os pedaços toda velha...na verdade a saude aqui na italia e a do brasil tem pouca diferenca as duas sao precarias...

      Excluir
    3. Franco, ritorna per italia subito perché in brazile non bono per te ...bugiardo !!

      Excluir
  3. Franco,

    Dica in porthoguese, va bene!

    ResponderExcluir
  4. porque ficar mostrando o erro dos outros quando o errado é voce?

    troll

    ResponderExcluir
  5. O meu dever aqui é mostar o errado da Italia pra brasileiro baba ovo e desinformado e o errado do Brasil.Eu nao sou errado.Errado sao os deslumbrados e sem atitude. O errado deve ser criticado em TODO O LUGAR.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vcs estao certissimos!!!
      Desculpa mas o que vi de Italia e pq moro em Roma e e terrivel, a saude terrivel, agora esse tal de Franco pelo o que ele escreve ele deve estar bem longe da civilizacao!
      Vai num hospital das Clinicas e depois vai no Policlinico de Roma e me diz onde esta o primeiro e terceiro mundo!!!!! QUal a diferenca??????

      Excluir
  6. Parabéns Druida.
    Eu tive essa mesma impressao quando fui ao médico aqui. Nao confio nem naqueles particulares. No Brasil, pelo menos, vc sabe que pagando vai ter atendimento de primeira. Aquei nem isso. E' questao de incompetencia mesmo.
    Vai esperar o que de um paìs onde quem é formando em Direito dà aula de anatomia em uma faculdade de medicina? hehhehhehhe
    Para quem nao quer ir ao médico sentir na pròpria pele e tirar as pròprias conclusoes, eu aconselho assitir ao episòdio do documentàrio REPORT - concorso nel reato.
    Seria òtimo se fosse traduzido em portugues para que pudèssemos mostrar à brasileirada burra e deslumbrada como funcionam certas mutretinhas por aqui.

    Franco seu imbecil vai continuar colocando a sujeira do teu curral debaixo do tapete, vai? cretino

    abraço Druida.
    Marco

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo seu esforço em tentar mostrar as coisas desagradàveis que existem na Itàlia.
    Esse aspaecto da saùde pùblica é muito importante porque, mais cedo ou mais tarde qualquer um de nòs vai precisar dela e vai ver que o que voce està dizendo é a mais pura verdade.
    Brasileiro là no Brasil vai continuar nao acreditando no que voce fala e denuncia, em vez disso deveria era pregar a Deus para que um parente deles nao tenha o azar de morrer em um hospital italiano, por negligencia de mèdicos e enfermeiros que nao zelam nem pela vida do proprio povo, quanto mais pela vida de estrangeiro que "pesa nas contas pùblicas do paìs"( como dizem eles e os jornais que eles leem).
    ou voces nao se lembram da romena que morreu poucas semanas depois de ter entrado em coma em virtude do murro na cara que levou de um ITALIANO? os mèdicos desligaram os aparelhos que a mantinham viva, alegando que as condiçoes dela eram irreversìveis Serà que era mesmo? Ou serà que "pesava nas contas pùblicas" mante-la viva e esperar que ela acordasse do coma?
    Nisso ninguém pensa né? Pois deveria. Como deveria também rezar pra nao ser a pròxima vìtima.
    Bibiana Leal













    nao ter nenhuma obrigaçao de salvar vida de imigrante que nao paga imposto, ou paga pouco e representam um peso

    ResponderExcluir
  8. é por essa razao que 59% dos italianos nao confia no pròprio serviço de saùde e prefere ir ao exterior se tratar.
    lEIAM AQUI
    http://paologia.blogspot.com/2009/09/italiani-delusi-dal-servizio-sanitario.html

    Heitor

    ResponderExcluir
  9. caro Franco.

    nao è so no brasil q os hospitais tem lixo. venha em roma. la a maioria dos hospitais tem lixo, ratos, baratas, coco de gente juntos com os pacientes nas macas destribuidas pelo corredor. lixo hospitalar q deveria esta em lugar fechado e estao chogados juntos com os pacientes e olhe q estou falando de roma.

    va ao sul q vc vai ver pior q ai no brasil. tenho amiga italiana q o medico queria operar de apendicite, mas o caso è q ela nao tinha apendicite.

    ai no brasil pode ter equipamentos dos tempos das pedras, mas eles sabem usar bem o q tem e vcs aqui q tem equipamentos luxuosos e nem sabe usar e nem tem gente capacitata pra usar, quem dera no brasil tivesse tudo isso q tem aqui ai sim agente ia ter medicos e hospital de primeiro mundo, vcs aqui nao sao primeiro mundo e nem chaga perto de um pais de terceiro.

    minha sogra entrou no hospital com principio de pneumonia e depois de 2 semanas os medicos queria mandar ela pra casa sem ter avaliado pra saber se estava bem e o q aconteceu ela teve embolia pulmonar, e esta na UTI. pq os medicos aqui nao trabalha ele so fingir q faz alguma coisa, eles nao fizeram nada, nem controlaram pra saber como estava, e so olhar nao basta. aqui è assim vc vai no medico e nem sabe se volta pra casa isso è um pais de primeiro mundo?

    ResponderExcluir
  10. eu tive ótimo atendimento na Italia,viajei sem seguro e acabei entrando em crise da endormetrose la e fui suepr bem atendida e ate a cirugia o hspital me ofereceu,mas preferi volta ao Brasil e aqui fazer o precedimento em casa e com meu medico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então por que preferiu fazer a cirurgia no Brasil já que foi tão BEM atendida?? conversa... ainda por que o tratamento clássico da endometriose é a histerectomia, e isso se vc tiver sorte dela estar limitada a seu útero e anexos, caso contrário, é só controle e rezar.

      Excluir
  11. Bom eu sou tb enfermeira aqui na Italia. Meu ponto de vista é muito diferente de muitos que li por aqui. Nao acho que os medicos sejam assim tao ruins. Sofri um acidente com moto onde fiz uma linda entorse de tornozelo de 2 grau e fiquei 2 meses e meio em casa. Imagino se isso acontece comigo no Brasil ...depois me madavam embora. fiquei todo esse tempo sem trabalhar e continuei a receber meu salario( claro pagos impostos pra isso) mas no Brasil também e não é igual!
    E fora o que recebi do seguro, porque aqui e obrigatorio, mas tem um significado. Outra coisa problemas de saude tem em todas as partes, mas é diferente. No Brasil tratamento e assistencia para idosos nao EXISTE, existe é asilo e isso nao pode ser comparados com os RSA que tem aqui. Assistencia domiciliar é uma coisaque ainda esta sendo provada no Brasil. Trabalhei no Brasil com unimed domiciliar e nao atinge aos pes da assistencia domiciliar que o ASL fornece...me desculpe!
    outra coisa o sistema de saude italiano se chama ASL ...INPS é outra coisa heheheheh
    cmo n brasil SUS e INPS sao coisa distintas.
    Unca coisa que vejo entre osenfermeiros que existe uma diferença nao grande entres aquele com formaÇao universitaria e com formaçao regional, mas ambos são profissionais e trabalham bem . Mas mesmo no Brasl que sao todos universitarios tive colegas idiotas !
    Tem muita coisa pra colocar na Balança, Aqui a enfermagem é diferente, já mudou muito e ainda esta mudando
    Beijosss espero que compreenda as palvras de uma colega enfermeira BRASILEIRA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juci, no Brasil também tema licença médica que até 15 dias você recebe da empresa, depois de 15, do INSS. Quanto ao seguro, existe o seguro DPVAT, pago para as vítimas acidentes de trânsito ou familiares, em caso de morte. Acho que você não sabe sobre essas coisas, né? por que está dizendo que não existe no Brasil, pelo que entendi.

      Excluir
  12. Precisei de atendimento medico na Itália, sofri barbaridades no pronto socorro em Veneza e depois no hospital em Roma. Sou testemunha de como aquele povo sofre, fiquei 4 horas para ser atendido em Veneza , sofrendo em cima de cadeiras, em Roma , precisei de uma pessoa que aplicasse uma simples injeção, procurei o hospital San Pietro, informaram que não poderiam aplicar uma simples injeção porque era sábado a tarde, e que deveria procurar uma enfermeira fora do hospital, e olha que estava com a receita do medico, a ampola da medicação e a seringa. Conversei com um pai (italiano) no hospital, estava com a filinha de 8 anos com a mão enrolada em panos ,aguardando atendimento, por apenas, (pasmem) 11horas , a final, não era uma emergência (para eles), só para a criança que estava chorando e um pai aflito vendo a filha sofrer sem poder reclamar.
    No hospital em Veneza, em quanto aguardava durante 4 horas para ser atendido, presenciei pessoas desesperadas necessitando de atendimento e vi os atendentes gritando com os pacientes e familiares , ameaçando expulsar do hospital se não parassem de suplicar e aguardassem sua vez na fila, pois lá , “todos são iguais e tem que esperar sua vez de atendimento na emergência, sem prioridade e calado.”
    Concordo plenamente com o que foi comentado acima, falta muita competência e humanidade na saúde publica da Itália.
    Um conselho, caso pretenda viajar para a Europa, cuidado com os seguros de viagem que prometem atendimento completo no exterior, leia atentamente os itens sobre doenças pré existentes , e reze para não acontecer durante a viagem.
    Ricardo

    ResponderExcluir
  13. olha e muito engracado esse povo defender assim os hospitais da italia pois qndu vc vai no medico a primeira coisa eles perguntam o que vc foi fazer la ai vc esplica o que tem ai eles perguntam pra genti o que nos acha dizendu que tem que ser eles ke devem dizer o que temos e o que devemos fazer, e sem dizer que muitos brasileiros foram se curar n brasil erros d medicos italianos e olha eu ja tive dois filhos na italia e ti falo e coisa d doido uma mulher p ter filho aki sofre muito pq um parto feito aki e como antigamento so muda que as mulheres antes faziam em casa e aki as mulheres fazem em um local que chamam d hospital pois na verdade seria melhor ficar em casa e ter o filho... do meu primeiro sabe o que a enfermeira falou mais o k vc ta faznedo aki pois pode ser ke a crianca nasce daki uma semana e olha que fui ter di madrugada imagina so.. e sem dizer do pronto socorro pra criancas que tbem dizem sempre a msm coisa mais o que faz aki leva n medico d familia,sem dizer que o medico d familia sempre tem vaga so mes k vem ou semana que vem dizendu que a crianca fica dopada d remedio p n salir a febre e dentista liguei ate p particular msm dizendu que era urgencia e a crianca tava berrando d dor me disseram so mes ke vem ou entaum posso adiar a consulta pra daki duas semanas.. issu que no publico eu markei n inicio d ano pra ser atendida emsetembro que ala fine qndu cheguei la ele disse que naum fazia que eu deveria ir em outro doutor conclusao mais uns meses pra esperar... e sem dizer outros casos que aconteceram naum so comigo, com meus filhos, com meu marido, com meus tios,outros brasileiros que vivem aki e minha irma foi parar n pront osocorro com peneumonia forte pq un medico da guarda medica d italia deu o diagnostico como un resfriado. e ala fine pegou dinheiroe quaze matou minha irma pois ela ja tava com os dois pumoes cheios... e fi naum vem defender italia naum pq aki tem strumentos bom pois pena ke naum tem pessoas qualificadas p poder manobrar...

    bom espero que o que escrevi aki ajude em alguma coisa...
    bjus a tdos e desculpe os erros de escrita..

    ResponderExcluir
  14. Olha eu realmente posso concordar que o blog é exatamente para dizer os erros da Italia ou Brasil, mas acho que vocês não podem generalizar em meter o pau na saúde pública italiana, eu sendo brasileira tinha alguns problemas de saúde que no Brasil com plano de saúde nunca descobriram, e na Itália, mesmo sendo estrangeira como alguns citaram em pesar para os cofres públicos, fui diagnosticada de Lupus, recebi toda atenção necessária, isso significa ter direito gratuito a todos os exames e controles médicos em todas as especialidades no qual é exigência para quem tem esta doença, fui sempre tratada com mto carinho e atenção por médicos, enfermeiros, a espera por exames e consultar mesmo sendo feito pelo público italiano não tinha, pois davam prioridade por ser portadora dessa doença...fiquei em depressão saber desse problema e é claro como todo brasileiro, com saudade do meu país e meus familiares resolvi retornar e fazer meu tratamento no Brasil...sus chegando aqui a situação foi bem outra q eu encontrei
    aguardei 5 meses para a primeira consulta com o especialista
    fora os remédios q não deveria mais pagar 2 euros e sim 250,00 reais e fora a forma como fui tratada no posto de saúde, ainda quando souberam q eu vim da Italia tive que ouvir a enfermeira do posto me falar já que veio da europa pq não faz um plano de saúde, bom realmente depois de tantos problemas e esperas até mesmo por um simples exame resolvi fazer o bendito plano de saúde, minha gente primeiro dia que precisei ir ao um pronto socorro fiquei na espera por mais de 3 horas na sala de espera do hospital em pé porque não tinha lugar pra sentar....resumindo só queria dizer uma coisa a todos acho que é inútil e perca de tempo ficar metendo o pau em um ou em outro o que muda o mundo não é ficar aqui escrevendo a experiencia de cada um e sim no dia a dia fazer a diferença em suas atitudes! é isso! Amo o Brasil amo a Italia, problemas em todo lugar tem...como temos o direito de escolher e não sermos condicionados a ser obrigados em viver em um pais cada um que faça sua escolha sem ficar falando mal, porque quem estiver aqui no brasil ou ai na italia, não tem direito de ficar falando que o pais é tão merda assim afinal vc está nele escolheu viver nele ninguém te obrigou!!! Sucesso a todos!

    ResponderExcluir
  15. Ma questi infermieri almeno così dicono di essere hanno davvero vissuto e lavorato in tante strutture della sanità in Italia, io non credo propio hanno dato un'idea superficiale di vari problemi che affliggono la sanità pubblica. Comunque prima di guardare nel giardino degl'altri e parlare male e a sproposito e meglio guardarsi il propio giardino e cercare di migliorarlo,e non sperare che siano sempre gli altri a farlo.....

    ResponderExcluir
  16. il sistema di salute italiano si chiama SSN (servizio sanitario nazionale)cosa centra l inps? comunque e bello sputare nel piatto dove avete mangiato vero? le medicine in italia sono gratis si paga solo una piccolissma tassa chiamata ticket!indifferentemente se costano 1 o 100 euro! cosa centra i medici brasiliano sono migliori? tutti possono sbagliare, e poi ho vari amici medici brasiliano che si specializzano in italia perche? i tempi di attesa se la visita e urgente il medico di famiglia mettera un bolino verde e nel massimo 3 giorni fai la visita!mi dispiace ma da noi la gente non muore perche non ha soldi per curarsi come qua in brasile...e poi comlimenti a l autore di questa frase

    Franco seu imbecil vai continuar colocando a sujeira do teu curral debaixo do tapete, vai? cretino

    abraço Druida.
    Marco
    questo dimostra la vera ignoranza!

    ResponderExcluir
  17. Palhaçada tudo isso, desde o texto de alguém que não assina o que escreve e que teve algumas experiências e pretende em nome delas traçar o perfil de um sistema complexo, como é a assistência sanitária, e abusivamente e grotescamente generaliza em modo negativo algo que certamente não conhece profundamente.
    Palhaçada essa guerra entre pobres!!! Palhaçada essa disputa do quem é o pior. Quem saiu ganhando nessa miséria toda???

    ResponderExcluir
  18. Nunca vi uma pessoa tao arrogante e ma informada com vc!Este blog e uma grande porcaria,feita por uma pessoa racista e totalmente estupida.

    ResponderExcluir
  19. Cara, não sei aonde vc trablahou, mas está muito enganado. Sou medico, me mudei para Italia faz 17 anos, me especializei em Milão e trabalho em Padova, posso te dizer, que o nivel profissional dos meus colegas e elevadissimo e reconhecido no mundo inteiro (aqui em Padova, no reparto de cirurgia vascolar, foi feita uma operacao no coração com o primrio metodo "mini invasivo" no mundo) assim como os equipamentos que temos a disposição (no Brasil voce encontra equipamentos assim, somente em hospitais como copa d'or no Rio ou no Siriolibanes, Albert Heinstein de SP). Claro pode sempre accontecer de encontrar pessoas que deixam a desejar na propria profissão, mas isso não é a regra aqui. Pelo contrario, o sistema publico de saude italiano, segundo a Organização Mundial da Saude (que deve ter mais conhecimento sobre o assunto que você) colocou a Italia no segundo lugar no mundo depois da Franca http://thepatientfactor.com/canadian-health-care-information/world-health-organizations-ranking-of-the-worlds-health-systems/

    O Brasil está no 125 lugar.

    Tem hospitais particulares, mas você deveria saber que o SSN reembolsa as operaçoes feitas tambem em estruturas particulares, normalmente trata-se de "strutture convenzionate con il Servizio Sanitario Nazionale". O cidadõ paga somente o ticket.

    Você fala tambem: "Atendimento dentario é particular e como disse antes, a formaçao italiana é pior. Nao recomendo e pessoalmente nunca fui em dentista italiano"o seja você nunca foi ao dentisata na Italia, mas fala que é pior e não recomenda, você deve ter algum dom particular em reconhecer profissionais bons so pelo ouvido falar.. isso é ridiculo. Em Roma tem um dos mais avançados centros odontoiatricos do mundo o Eastman, que é publico (pra quem precisar: http://www.aslromaa.it/auslrma/index.php/ospedale-qgeorge-eastmanq)

    Alem disso, tem tratamento dentario gratutio sim, e so pedir a propria ASL a lista dos "dentisti convenzionati con il SSN", aqui tambem voce pagará somente o ticket (que e sempre muito baixo).

    Amigo, leia menos Gazzetta dello Sport e se informe antes de falar a respeito de coisas que não sabe ou que algun amigo do amigo te contou.

    Abs.
    Marcos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu indo levar a minha namorada ao hospital presenciei barbaridades na Itália e no seu sistema de saúde.Mas claro que devem existir profissionais bons também na Itália.

      Presenciei pessoas precisando de atendimento e eu,um cliente ter que chamar e ajudar as pessoas,já que o pessoal do hospital,não estava nem aí.

      Posso falar também das inúmeras pausas que os profissionais fazem pra fumar e beber café enquanto os pacientes que se danem.Fora amigos meus,italianos, que pegam atestado para ir viajar e fingem-se de doente.

      Se o sistema de saúde e a riquea do país fossem assim tão grandes,não existiria senhoras de idade vendendo o rim pra pagar as contas como li no jornal de Firenze,clínicas operando pessoas sem necessidade pra ganhar dinheiro,dentistas e médicos falsos exercendo tais profissões e nem hospitais caindo aos pedaços e com gente nos corredores dos hospitais,sem quartos.

      Não tenho blogs e não leio só Gazzetta dello Sport,o jornal que grande parte dos italianos adora ler,só tenho senso crítico de coisas óbvias.

      Não é a perfeição que vejo por aqui,não é mesmo e até no SUS do Brasil já vi médicos mais humanos que os daqui embora a estrutura talvez seja pior dependendo a região como na Itália.

      Excluir
    2. da italiano grazie dott marcos per dire le cose come stanno! vivo in brasile e per garantir la salute come quella italiana pagho un plano de saude con prezzi vertiginosi!! i signori che hanno creato il blog perche non vengono a lavorare negli ospedali publici brasiliani! perche lavorano in italia? ragazzi sveglia mia moglie lavora in un giornale e vi garantisco che le notizie vengono non publicate tutto quello che vedete nei tg e solo la minima parte!!! credetemi ps per questo a breve rientremo in italia in quanto non ci piace il sistema in brasile! e vi dico solo una cosa se non vi piace il sistema italiano tornate in brasile! sistinti saluti Luigi.

      Excluir
    3. MARCO, 17 anos na ITÁLIA, muit coisa já mudou aqui no Brasil, e posso te dizer, para MELHOR. Penso que nõ existe ninguém melhor que o enfermeiro (sou enfermeira e advogada) para sentir a realidade de um hospitl (independente de qualquer fonte estatística, fidedigna ou não). O médico ocupa um pequeno espaço particular no hospital, prescreve, faz sua assistência e pronto, e a pior parte fica com os demais, em especial enfermeiros. Eles quem permanece 24 horas AO lado do paciente sentindo tudo que passa, inclusive as consequências sociais, pagando até pelo que não tem nada a ver com ele. Portanto, quer saber como realmente funciona um Sistema de Saúde? pergunte a enfermagem.

      Excluir
  20. Vendendo rim... você lê o que escreve? Você acha isso uma noticia seria? Mas de que você está falando? O seu insuccesso na vida profissional não justifica tanto odio contra a Italia.

    ResponderExcluir
  21. Parabéns pelo blog Druida e Maga por demonstrar verdade aos olhos de muitos,principalmente brasileiros cegos que adoram bajular quem finge ser o que não é.

    Para quem ousa discordar sobre o sistema de saúde italiano saiba o que eu passei com pais de colegas foram umas poucas e boas.
    Sei do absurdo pois senti na pele de amigos queridos sobre as operações em Milão que operavam pessoas sem condições por dinheiro.Matadouros em formas de hospital.

    E no ínicio da minha estadia na Itália quando residi lá passei por apertos em Roma e no sul da Itália perante ao seu corrupto sistema de saúde,fora os funcionários mal educados,sem tato e 0 de qualificação e profissinalismo.

    Acho que tem muito lugar bom mas esse é para ricos ou varia de região para região.O problema é que muitos italianos não aceitam críticas de um brasileiro ou qualquer outro estrangeiro.Essa é a verdade.E muitos brasileiros que adoram idealizar o estrangeiro e são deslumbrados aceitam o jogo de receber críticas de quem não é exemplo.Esquecem de se informar que italianos migram muito.Porque será se o país deles é tão bom?Querem falar do Brasil?Olhem como tais pesssoas migram para os EUA,Suiça e outros países.

    Acho correto receber críticas de quem é muito melhor que nós,já italianos deveriar é que ficar em silêncio e cuidar da máfia,corrupção,Berlusconi e suas putarias,fora o amor por transexuais que vão a Itália enrabar tais machões.País medíocre.

    ResponderExcluir
  22. Idosa vende rim para pagar contas de luz e gás.

    http://www.vitadamamma.com/29792/donna-anziana-vende-rene-per-pagare-le-bollette.html

    Pessoas tocam fogo em si mesmas pela crise

    http://www.vitadamamma.com/30936/uomo-si-da-fuoco-non-puo-pagare-le-tasse.html

    Isso é mentira?O blog está mentindo ou tem italianos que não aceitam críticas e brasileiros que querem tapar o sol com a peneira?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que tem a ver isso?? cada louco com sua mania e saída diferente.

      Excluir
  23. Verdadeira Italia,
    com toda sinceridade, nao gosto do seu blog e acho muitos argumentos sem fundamentos e às vezes racistas. Mas este post sobre a saude publica italiana me chamou a atençao.
    Concordo com voce em muitos aspectos e acho que a saude publica na Italia esta longe de ser perfeita e dentro dos padroes europeus. Ja vi casos piores ou iguais do Brasil em hospitais publicos italianos, nao so no sul mas em muitos do norte também. Descaso, desvios de verbas e mal atendimento.
    No Brasil usava o SUS e a unica coisa que me incomodava era o tempo de espera (que nao esta la tao diferente da Italia). Minha irma recentemente fez uma cirurgia por problemas cardiacos em um hospital publico de Sao Paulo e teve atendimento de primeira. Nao nego que a qualidade de muito de nossos hospitais publicos deixa muito a desejar e que falta uma distribuiçao mais equa da verba publica neste setor.
    Na Italia, casos urgentes ou graves sao totalmente isentos e voce tem prioridade, além de receber gratuitamente os remédios (pelo menos na Lombardia, onde moro, é assim). Mas se nao for um caso extremo é preciso pagar (e nao pouco) e o tempo de espera é comparavel a do Brasil. Meu marido precisou de uma ecografia dos rins e teve que recorrer a uma clinica privada porque pela publica teria que esperar 4 meses. Dois dias depois de ter feito a tal ecografia, que nao acusou nada, teve uma crise renal na Alemanha, onde foi à trabalho. No ambulatorio de uma cidadezinha de cerca 2000 habitantes fez uma outra ecografia e foi levado ao hospital com calculos renais.
    Recentemente fiz uma consulta oftalmologica simples e tive que pagar 28,50 euros pelo ticket, enquanto no Brasil era gratis e a burocracia é mais ou menos a mesma. Nao acho 28,50 euros um valor irrisorio, ainda mais em se tratando de serviço publico.
    O serviço odontologico sim que é muito inferior ao do Brasil. Além de caro, os profissionais nao tem uma boa formaçao, tanto que os italianos preferem ir para a Croacia fazer tratamento dentario (custo menor e qualidade maior).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliana.Tudo bem?

      Bem,fique tranquila.Nao somos racistas, preconceituosos,etc.A idéia do nosso blog era falar sobre coisas de cultura,etc.Mas mudamos ao vermos alguns locais da terra da bota no Brasil sentarem a boca no nosso pais(até nas coisas boas e diferenças culturais e todo mundo ficar em silencio,ainda bajulando esses caras).

      Assim,a linha do blog mudou.A Italia tem coisa legal?Claro que tem.Mas se eles falam dos podres do Brasil e de qualquer lugar do mundo para tirar onda e dizerem ser primeiro mundo,existe o blog verdadeira italia para desmascarar esse povo.

      Nunca fomos cegos aqui e SEMPRE afirmamos que o Brasil tem os seus problemas,mas a Italia também tem.Nao se enganem os brasileiros deslumbrados que aqui é aquela parte da Europa que tudo funciona.

      Nao somos preconceituosos com europeus.Somos bem tranquilos(eu e a minha esposa).Mas nao iremos nos omitir e ficar babando ovo de turista sexual,putanheiro,em crise que vai ao Brasil tira onda de nobre.Isso é ma fé.

      Para quem fala que trabalhamos e migramos aqui e criticamos:bem,pagamos impostos entao nossa critica é justa.E os estrangeiros que moram ai no Brasil,falam besteiras muitas vezes e voces ficam babando ovo sem conhecer o pais deles ou a turismo,hein?E outra,italianos migraram muito ao longo da historia,que moral tem para falar de imigrantes e ainda mais hoje?Hoje a facilidade de viajar esta ai para todos e cada um reside aonde quer ou aonde tem oportunidade mediante qualificaçao.E so avisando que logo estaremos indo para a Suécia.

      O blog surgiu para questionar deslumbramentos e puxaçao de saco de quem tanto nos critica mas tampouco é muito melhor.

      Abraçao a todos.

      Excluir
  24. Você é Baiano ne?
    em seguida, preocupado antes de sua terra .. estávamos lá eu e minha esposa é a Bahia é o pior lugar que visitamos em nossas vidas! vergonha diante da tua terra, e depois critique os verdadeiros países de primeiro mundo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo,

      O BRASIL AINDA É O MELHOR LUGAR DE SE VIVER, COM TODOS OS PROBLEMAS SOCIAIS E ECONÔMICOS, NÃO ´é por acaso QUE AQUI ESTÁ CHEIO DE ESTRANGEIROS, em especial italianos e portugueses, vivendo mesmo por aqui.

      Excluir
  25. Juci,

    Onde está a sua cabeça em relação o Brasil?? Já ouviu falar em licença médica? Se você sofresse algo aqui no seu trabalho do Brasil, também ficaria recebendo assistência finaceira de sua empresa até 15 dias, e se após do INSS. E quanto ao seguro já ouviu falar me DPVAT? é do Brasil mesmo, sua TERRA. Como pode falar mal de seu país se, aparentemente, não conhece nada de suas LEIS E DIREITOS?

    Cris.

    ResponderExcluir
  26. Boa noite a todos,
    Escrevo aqui um relato de um atendimento médico de urgência na Itália. Estava com uma dor muito forte internamente na base so nariz. Não melhorou usando doses altas de analgesicos e antiiflamatórios, então procurei o PS para consulta e usei a minha recém feita ID italiana. Sou médico, por isso sei do perigo que seria se fosse um abscesso nessa região.
    Chegando no PS fui atendido no balcão mesmo por um enfermeiro que me deu uma ficha com classificação branca mas não antes de eu ter que insistir que não era um problema odontológico. Mesmo sentindo bastante dor, esperei por cerca de 2h. Nesse período escrevi a minha história no celular apenas com fatos relevantes e traduzi para italiano. A médica que me atendeu, após ler a minha história, me encaminhou direto ao otorrino e solicitou um Rx. Ponto muito positivo porque é raro ter um otorrino de plantão no Brasil. Após cerca de 2h já havia feito o Rx e consultado com o especialista. Porém foi uma das piores consultas que já presenciei. Se durou 2' foi muito. Sou encaminhado novamente para a médica da emergência e após alguma espera na entrada da mesma, a enfermeira traz a minha ficha com a prescrição do Otorrino. Insisti para falar novamante com a médica para tentar complementar a receita medíocre que o Otorrino havia feito. A enfermeira me levou até ela porém a médica foi irredutível ao alterar qualquer coisa na receita.
    Análise: O tempo de atendimento foi razoável (5h no total), porém não me deram nada para dor. O acesso ao especialista foi rápido porém um mau profissional. Limpeza ótima e simpatia nula como esperado. Não foram realizados os exames necessários na minha opinião profissional, foi dado o antibiótico correto (após eu ter pedido) mas pelo tempo errado, houve total displicência com o uso do corticóide ("se tiver dor") e não deram a mínima para analgesia mesmo após eu insistir.
    Conclusão: sai com um tratamento empírico, sem diagnóstico firmado e sem o tratamento e a analgesia corretos. A estrutura é ótima e espero que apenas tenha tido azar de ser atendido por péssimos profissionais. Fiquei muito decepcionado com o serviço aqui. Melhor sorte a quem precisar usa-lo.

    ResponderExcluir

Seja bem vindo e volte sempre para postar.Seja educado que as pessoas serao educadas com voce.Manifestos racistas e xenofobos nao serao bem recebidos.Argumente com fatos e aprenda a aceitar a opiniao dos outros.

Druida e Maga.